Avançar para o conteúdo principal

Armando Vara às portas da prisão

Observador:

O Tribunal Constitucional declarou improcedente um recurso apresentado por Armando Vara no âmbito do caso Face Oculta onde eram alegadas 14 inconstitucionalidades, noticiou o Correio da Manhã e confirmou o Observador.

Trata-se do último recurso formal que o ex-ministro da Juventude e do Desporto pode apresentar mas ainda não terminou a guerra judicial para impedir o cumprimento da pena de prisão de cinco anos de prisão efetiva por três crimes de tráfico de influência a que foi condenado em primeira instância.


Há mais de quatro anos que adia o destino fatal: ver  o sol aos quadradinhos. Mas falta ainda o chefe da quadrilha. Lá chegará a sua vez...


Comentários