Páginas

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Uma metáfora



 No centro da mesa é bem explícito o sentido da foto: um futuro primeiro-ministro que antes de o ser já o fora desde que se tornou adulto saído das juventudes partidárias. Mesmo assim, para chegar onde chegou teve de ser empurrado por quem se sabe muito bem agora: a clique do actual detido no 33, acompanhado de alguns "notáveis" de uma velha guarda caquética.

Vai dar no que deu? Diz o povo que quem vive aos saltos, morre aos pinchos...mas Costa não foi feito para pinchar, notoriamente. Daí o desacerto com a realidade.


6 comentários:

Floribundus disse...

está a prepara-se para saltar fora da carroça

que o Diabo o leve para bem longe

mas depois de acertar contas com o fisco

zazie disse...

ehehhehe
O palerminha bem que salta

BELIAL disse...

O saltitão mixordeiro, embora alentado...mostra a sua raça.

O batráquio parlamentar não deve ser tão saltitante.

Lá vai o tempo do elogiado sapo, amigo do agricultor.

E quanto mais sapalhão, mais papava bichezas, nocivas à horta.

Agora, que se limita a coaxar bolhas de sabão - esborrache-se.

BELIAL disse...

Pincha malaquias!
Pincha, minha jóia!

Já cá faltava o pinchavelho pinchão...

BELIAL disse...

Isto são treinos para quando o fizerem pinchar de secretário-geral.

Claro, que com "manifesta" lhaneza e hombridade, resignará ao lugar, assumindo todas as responsabilidades bla bla bla....

O número habitual.

Zorrinho e parelha de pândegos trastaganos, fê-lo com uma corda ao pescoço.

À egas...

São pantominas patuscas que caiem bem na rósea cáfila

A tineta palhaça, está-lhes no bestunto.

luis barreiro disse...

Gosto de ver este vídeo ao som de música tecno ou lá como se chama.