Páginas

sábado, 1 de outubro de 2016

Outro com amigos pródigos...



Se esta notícia for verdadeira, o que esperar deste caso e do CSM que analisará certamente o assunto?

Esperemos para ver. No entanto, desde já se pode especular o seguinte:

Se esta notícia tivesse a foto e nome do juiz Carlos Alexandre em vez deste juiz, o que diria a bempensância das entidades deste burgo que assentam arraiais nos media?

Veríamos o inefável pregador Louçã outra vez a rasgar as vestes em defesa de alguém que também conta com amigos ricos? Veríamos o hirsuto Oliveira a prestar homenagem ao vício, novamente? E os demais  palhaços  do circo da komentadoria ambiente o que diriam?

11 comentários:

Bic Laranja disse...

A coisa é tão funda que em puxando a meada tomba tudo. Tumba!

dutilleul disse...

As confissões “a ler com cuidado” não eram só fumo.

josé disse...

Exactamente...

José Domingos disse...

Quanto mais se cava...........o burgo está imundo.
Vamos ver o que mandam aos jornalixos fazer.

Floribundus disse...

fica tudo em águas de bacalhau

o monhé é dono disto tudo

Vitor disse...

Está mais difícil considerar-se que o juiz C.A. se referia ao ex-pm quando falou de não ter dinheiro em contas de amigos. Pelos vistos, também o juiz RR se deve ter sentido atingido na sua "honorabilidade" (se a tem, claro).
É mesmo preciso uma grande lata e vontade de ofender os seus colegas quando RR afirma que os juízes são a classe menos confiável. Deve tê-lo afirmado quando se olhava ao espelho e tomando-se a si como exemplo da vergonha.
Um sistema judicial que permite juízes tipo RR no seu seio, e a permitir-lhes manter a desvergonha a continuar a julgar, só pode mesmo tornar-se confiável com alguns juízes tipo Carlos Alexandres.

Oscar Maximo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
José Luís disse...

Saraiva, sobre Rangel, diz que este "tem uma empresa que faz tráfico de armas para Angola". (Pag. 221)
Não vi ninguém comentar este assunto, nem o próprio visado...

josé disse...

Quem terá dito tal coisa foi a falecida Margarida Marante quando estava muito marada de cocaína.

Não acredito na pureza de tal declaração, ao contrário da que a terá motivado.

José Luís disse...

Pois é, acho que tem razão.

Bic Laranja disse...

A coca dá para tudo e para nada (22 mil contos / ano, não é?!...)

Liguem-se as pontas; o mesmo arq.º Saraiva torna a referir Marante a propósito dum almoço com Sócrates mas... não me alargo nas observações até porque sei que Sócrates e a namorada, Fernanda Câncio, se dão com Emídio Rangel e Margarida Marante. Pois bem [...] É na pág. 162.

Em nada também a notícia do desembargador. — Alguém lhe pegou?

Cumprimentos ao Perna.