quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

A corrupção teórica

Rui Solheiro, presidente da Câmara de Melgaço, presidente da comunidade intermunicipal do Alto Minho, figura destacada do PS, capaz de fazer ouvir a voz no Largo do Rato, ontem, no DN:

"Há corrupção em todo o lado, nas autarquias também. (...) O problema é que se generaliza muito."

Pois é, de facto.

7 comentários:

Anónimo disse...

Estes senhores calçam aqueles sapatos de grande formato e muito coloridos que por vezes aparecem no circo.

Isaac Baulot disse...

Se não se generalizasse muito... se a coisa fosse para menos gente... se fossem mais discretos... se não fosse a quebra do segredo de justiça...

Um verdadeiro IF...

Josão disse...

qual o ranking da corrupção em Portugal?

Josão disse...

http://www.transparency.org/policy_research/surveys_indices/cpi/2009/cpi_2009_table Ocupamos um lugar importante, do meio do ranking para baixo. Generalizando, é claro.

joserui disse...

Hehe... -- JRF

Tino disse...

O problema é que às vezes se descobre e nem todos conseguem inventar campanhas negras como certa criatura...

Anónimo disse...

E por que havemos de nos preocupar com coisas menores como a corrupção?: "Fernando Teixeira, membro do gang da Lapa já julgado no Tribunal de São João Novo por outros crimes, foi condenado pelas práticas de homicídio por negligência, ofensa à integridade física por negligência e omissão do dever de auxílio.". Pena suspensa!