sexta-feira, 25 de março de 2011

A verdade a transparecer

Sol:

Um freelancer pagou 15 mil euros a uma das testemunhas mais relevantes da Casa Pia para alterar a sua versão dos acontecimentos. A entrevista com a nova versão foi comprada por um jornal.

Com estas farsas e aquela a que ontem se assistiu no Campus da Justiça, com o irmão-advogado de um suspeito a dizer coisas, com aquele ar irreal, cada vez penso mais que a verdade é só uma.

E eles sabem muito bem qual é.

4 comentários:

zazie disse...

Mas não tenha a menor dúvida.

joserui disse...

Que corja reles! -- JRF

Maria disse...

Não vi as declarações desse que cita, mas imagino perfeitamente quais tenham sido... Eles são todos mentirosos patológicos. Sofrem todos da síndrome da mentira adquirida, que é uma doença gravíssima e que não tem cura.

O que espanta, se é que alguma coisa ainda surpreende os portugueses quando oriunda desta quadrilha de ladrões e vigaristas consumados, é porque razão a Justiça não actua perante tão graves crimes cometidos por grande parte da classe política? Gente mais do que conhecida da própria Justiça, por ser autora de crimes (todos eles na boca do povo há dezenas de anos) do pior que se possa imaginar, cometidos abertamente e à luz do dia por essa mesma gente que é tu-cá-tu-lá com "uma certa" Justiça que a teme e lhe obedece religiosamente. Porque é ameaçada e chantageada? Não poderá haver mais nenhum outro motivo.

Porque é que a Justiça não chama os criminosos a capítulo, quando os crimes por eles cometidos são do seu conhecimento há dezenas de anos, além de serem crimes comprovadíssimos e indesmentíveis?

A Justiça, sabemos, está privada pelos poderes instituídos de exercer os direitos e a independência que lhe assistem por lei. É justo que se diga 'alguma Justiça', porque nem toda ela se submete aos ditames dos poderes ocultos. Nesse meio também há Heróis, honra lhes seja feita. Contudo, é simplesmente inadmissível que ladrões, pedófilos, corruptos e criminosos, a maioria deles pertencentes à classe política e muitos outros possuidores de altos cargos nos vários ramos da sociedade, todos conhecidos da Justiça e até do povo ignaro, não sejam chamados a prestar-lhe contas! O que é que aconteceu e este nosso infeliz país cujos políticos do anterior regime eram todos honrados, impolutos, incorruptíveis e patriotas... e - desde há cerca de quarenta anos - neste regime os políticos são quase todos ladrões, corruptos, seres humanos indignos e debochados, traidores e criminosos?
Como é possível este bom povo resistir a tanto mal? Talvez pela seiva sagrada que corre nas suas veias desde a nacionalidade e que está na origem daquele que foi, é e será o Glorioso Povo Português.
Maria

Mani Pulite disse...

O P. ESTÁ TÃO À RASCA POR TER FICADO SEM O PILIM QUE CONSTA ESTAR A TENTAR VENDER A UM JORNAL UMA ENTREVISTA ONDE VAI DIZER O CONTRÁRIO DO QUE SEMPRE DISSE.

O TCIC é para acabar...