Páginas

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Afinal já se sabe se a Protecção Civil mandou pessoas para a morte na EN236-1?

O malfadado El Mundo, com repórter identificado em pseudónimo e que tanto incomodou os socialistas apaniguados deste governo, reportou assim, em data supra da semana a seguir ao incêndio.

Sonó el teléfono. Respondió Miguel. Y decidieron huir de Várzeas con lo puesto.
Era una llamada de Protección Civil. Le recomendaban que cogieran sus coches y desalojaran el área. Cogieron los tres vehículos que tenían en el garaje y se fueron raudos. Los abuelos en uno. En otro, Miguel, Mafalda, Antonio y Joaquín. En el tercero, Fernando con los suyos. Fueron en dirección a la carretera EN236. El punto de encuentro adonde huyeron los pobladores de Pobrais, Várzeas y Nodeirinho, equidistantes en ese orden. Como la residencia de los Lopes da Costa quedaba cerca de la carretera, llegaron prestos al infierno. Quedaron encerrados en una trampa de troncos quemados, de hojas que caían como luciérnagas mortales.

Até agora e que se saiba ninguém mencionou este facto que a ser verdadeiro é mesmo grave: foi a Protecção Civil quem enviou aquelas pessoas para a morte. Não foi a GNR na IC8 que cortou, ainda não se sabe a mando de quem e exactamente quando e porquê.


Então como é? Ninguém pergunta ao coronel Leitão se isto é verdade?

34 comentários:

fernando disse...

http://expresso.sapo.pt/politica/2017-07-02-Espanha-divulga-toda-a-lista-do-material-roubado-em-Tancos

Ricciardi disse...

Mandou para a morte?

Que ignomínia.

Pelo contrário. A protecção civil alertou os moradores para basarem dali para fora.

A maior parte das pessoas safou-se devido, tambem, ao conselho da protecção civil. Se não o tivesse feito, o fenômeno extraordinário e imprevisível - downburst - teria agravado ainda mais o número de mortos.

Rb

josé disse...

Um comentário de inestimável burriquice.

Ricciardi disse...

A comunicação social portuguesa está completamente manietada. E não é pelas esquerdas, apenas.
.
Os jornais menos manietados, público, JN, etc, ainda vão tendo jornalistas dos dois lados do espectro político, apesar das direções dos jornais, uns direita e outros de esquerda. O que dá alguma credibilidade a esses órgãos.
.
Pelo contrário, quase todos os outros jornais, para além das direções parecerem carneiros (mas isso sempre foi assim), também escolheram os jornalistas a dedo. Já nem disfarçam.
.
Ora, o tal Sebastião que escreveu no el mundo, replica fielmente aquilo que se passa por exemplo no observador. Os jornalistas são escolhidos com a missão de fazer oposição. Jornalista que escreve a verdade e não interessa. No caso do el mundo, parece que o Sebastião (dizem que é uma mulher que já foi ligada à TVI) terá inventado um curriculum. A que ponto chegamos para bem da causa.
.
Rb

Ricciardi disse...

Na linha do post.

josé disse...

Da compreensão do teor postal, como habitualmente.

josé disse...

O importante agora é saber quem é o Sebastião para o desacreditar. Agit-prop típica da esquerda.

Morreram pelo menos 64 pessoas e a culpa é do vento e do downburst.

Maior estupidez não é necessária. Basta esta.

zazie disse...

Portanto- dizem que se não tivessem fugido havia mais probabilidade de se safarem. No caso de Várzeas, tal como de Nodeirinho e Praia das Rocas, a estrada mais perto era a N236-1 onde morreu toda aquela gente. De Pobrais, idem. De Pobrais, todos os que fugiram para essa estrada morreram.

Conclusão- a Proteccção Civil estava melhor informada por mapa e helicópteros que os habitantes encurraladas naquelas aldeias e fez bem em os mandar fugir para a estrada mais perto onde morreram.

Quem fala assim é independente. Nem tem nada na manga nem está a fazer figura de urso para defender o Governo por ser um bom de um filho-da-puta de um governo de esquerda.

zazie disse...

O downcoiso só ataca no mato. Na estrada faz ricochete e não há downcoiso para ninguém.

O ensacado é uma anedota.

Zephyrus disse...

A ler:
http://o-antonio-maria.blogspot.co.uk/2017/07/ardian-primeira-responsavel-pela.html

Zephyrus disse...

http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/tragedia-em-pedrogao-grande/2017-06-23-O-relato-do-homem-que-deu-o-primeiro-alerta-do-incendio-de-Pedrogao-Grande

josé disse...

Quem fala assim é mesmo burro e o insullto, neste caso não é gratuito porque é uma burrice exasperante.

Este tipo vem para aqui alardear esta burrice e provocar. Por vezes faz-me passar dos carretos da seriedade.

É mesmo burro. Arre!

Zephyrus disse...

Isto cheira muito mal, sao contradicoes a mais...

zazie disse...

Sim. Deve ter QI negativo.

Torna-se exasperante porque é mais cretino que falar com um tolinho declarado. É estúpido que nem uma porta.

Dudu disse...

Admira-me o José ainda dar corda ao Ricci.

josé disse...

Que hei-de fazer? Cortar o que escreve? Já me tentei e até avisei.

Vou deixar de ler e responder. Se todos fizerem igual talvez se canse.

fernando disse...

Costa foi de férias para uma ilha espanhola
https://sol.sapo.pt/artigo/570491/crise-antonio-costa-foi-de-ferias-mas-volta-a-meio-da-semana-

antónio disse...

"Que hei-de fazer? Cortar o que escreve? Já me tentei e até avisei.
Vou deixar de ler e responder. Se todos fizerem igual talvez se canse."
Ao escrever isto até parece que o José não conhece os socialistas. Repare que eles são um exército. Podem, em particular, discordar e atraiçoar-se uns aos outros, mas, em público são uma orquestra onde ninguém desafina sob a batuta do maestro do momento. Por isso, não acredito que ele desista. Exactamente o contrário daquilo que se passa no partido que eles abominam, em que cada um diz em público aquilo que lhes vai na alma, sinceridade essa que, por ser genuína e desinteressada, acaba por enfraquecê-los e os prejudicar.
Este comentador não lhe faz lembrar o "Abrantes", célebre avençado?

josé disse...

Os Abrantes eram avençados verdadeiros. Este será por afeição à causa que os sustenta. Defendem qualquer coisa que tenha um mínimo de consistência para tentar ludibriar e afogar as evidências mais cruéis.

E fazem de sonsos julgando que todos são parvos e acreditam nas baboseiras.

Unknown disse...

Em suma, um idiota inútil...e ilegível, por mera questão de higiene mental.

Floribundus disse...

Dalai Lima

Inquérito dixit

Inquérito conclui que roubo de armas em Tancos teve a mesma causa que tragédia do Pedrógão: falta de rede.»


a geringonça e os afectos
caparam o rectângulo

fuga para a frente

Floribundus disse...

antónio das mortes
foi de férias

finalmente reina o silêncio em Belém

a geringoça dos tanços

Lopes disse...

Confesso que acho uma certa graça ao Rb. Não é todos os dias que posso chamar burro a um tipo sem receio de estar a ser injusto.

lusitânea disse...

O RB deve andar a exagerar no queijo das ovelhas bordalesas...

Floribundus disse...

Net

O Expresso teve acesso ao email que convoca a manifestação. O plano é começar com uma concentração às 11h30, em frente ao Monumento aos Mortos, na zona da Torre de Belém, e depois seguir em marcha silenciosa em direção ao Palácio de Belém. Aí, os oficiais deverão depor simbolicamente as suas espadas, perante a residência oficial do Presidente da República, que é o comandante supremo das Forças Armadas.

O protesto visa diretamente Marcelo Rebelo de Sousa, cujo silêncio sobre este caso se prolonga desde que foi noticiado o roubo, na quinta-feira, mas tem como alvos principais o ministro da Defesa, Azeredo Lopes, e o CEME, Rovisco Duarte, que anunciou a exoneração dos cinco comandantes em direto numa entrevista à RTP, sem antes ter contactado os visados.»

fala-se numa possível selfie

João Sousa disse...

O Ricciardi chama ao Público, JN e etc (assumo que o etc seja, pelo menos, o DN) "jornais menos manietados". Ah ah! Ah ah! AH AH AH!

aguerreiro disse...

Vou montar uma banca á sombra do novo museu dos Coches. Compro espadas a 120 euros!

joserui disse...

É preciso outro 25 de Abril!

Adelino Ferreira disse...

O rectângulo está próximo de se tornar num Cocanha:
Um país mitológico, conhecido durante a Idade Média. Nesta terra mitológica, não havia trabalho e o alimento era abundante, lojas ofereciam seus produtos de graça, casas eram feitas de cevada ou doces, sexo podia ser obtido livremente, o clima sempre era agradável, o vinho nunca terminava e todos permaneciam jovens para sempre. Vivia-se entre os rios de vinho e leite, as colinas de queijo (queijo chovia do céu) e leitões assados que ostentavam uma faca espetada no lombo,etc etc

joserui disse...

É só fãs improváveis e inestimáveis Zazie… :D

hajapachorra disse...

A protecção civil devia ser desmantelada e os seus dirigentes deviam ser todos processados. Espero que a Procuradoria encontre motivos suficientes para isso.

zazie disse...

ehehehe

Unknown disse...

Quanto ao roubo de armas, pergunto-me se não terá nada a ver com o que um antigo militar contou à pouco no fb. Dizia ele que os jovens gostam de lhe ir falar do que pelos quartéis se passa tendo um respondido, à questão de como era com a senha e a ronda, que isso tudo já não existe, está ultrapassado, que quem faz a segurança do quartel são empresas privadas e que estas contratam gente que nem o serviço militar alguma vez fez. Isto faz sentido, empresas privadas a fazer segurança de quartéis? O miúdo não estaria a gozar?

Tam

João Sousa disse...

Repito aqui o que alguém me disse: "um assalto é uma excelente forma de justificar a inexistência de algo que foi pago mas nunca existiu".