terça-feira, julho 25, 2017

O Costa que ri

CM de hoje, crónica de Francisco José Viegas:






Retrato da ministra que chora e se apatetou no ministério para que não tem competência:


2 comentários:

Floribundus disse...

o que importa é a popularidade conquistada
com aumento da dívida pública que será paga pelos contribuintes

a saloiada tem inteira liberdade para carbonizar-se ou inalar

zazie disse...

ehehehe

Portugal, temos um problema!