Páginas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Em louvor de Medina Carreira

Um artigo de um socialista  no Público de hoje, dá mais força à teoria de  "quem sabe faz, quem não sabe, ensina". Oliveira Martins fez pouco, mesmo no Tribunal de Contas. Mas sabe ensinar como se deve fazer., indicando os ensinamentos e exemplo de Medina Carreira, numa homenagem justíssima. 
Um paradoxo? Nem por isso: apenas um caso de personalidade, envolta num partido político. A vidinha precisa de se contemporizar com outro ditado: olhem para o que eu digo e penso e não para o que faço por causa do partido a que pertenço.

Medina Carreira não tinha esse problema assim tão exposto porque era mais livre:


8 comentários:

A Justiniano disse...

O Oliveira Martins (Guilherme) nada tem de socialista! É, culturalmente, um homem de direita. A ala católica do PS, é, sobretudo, social democrata de vocação, na economia e protecção social, e conservadora nos costumes!! O josé está farto de o saber! prefaciar Oliveira Martins como "um socialista" é enganador!

A Justiniano disse...

Já agora, o seu ancestral, o Joaquim, iniciou-se politicamente pelo pensamento socialista e proto anarquista e acabou no pensamento, embrionário, do fascismo redentor! Há esperança, caro josé!!

josé disse...

GOM foi social-democrata até à ASDI. Depois tornou-se socialista e apoiante de Mário Soares.

É preciso dizer mais?

josé disse...

É um daqueles trapezistas de bloco central e tem vários membros da família no mesmo círculo político.

Para mim é apenas um conhecedor do Tintin. E já é muito.

josé disse...

Quem diz Tintin pode dizer spirou ou skblzz. Parece-me apenas um diletante.

josé disse...

Eu também sou, aliás.

A Justiniano disse...

E eu também! Sim, a ASDI foi em peso pró PS, salvo erro!
Mas, como dizia, há esperança, o Joaquim OM veio a terminar numa corrente redentora, virtuosa entre a razão e o misticismo!! E nunca passou pelo pelo liberalismo clássico!!

Josephvs disse...

Oh Jose vc é Phoda hehehe