quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Descoberto o maior historiador nacional

Na Sábado de hoje pode aprender-se uma nova História de Portugal através dos ensinamentos de alguém que só pode ser uma sumidade: Cláudio Torres.

Parafraseando Camões,  cessem do sábio cronista as lembranças, dos feitos  dos nossos reis antigos. Calem-se Zurara e outras fontes de toda a nossa história antiga e medieva; que este novo historiador descobriu o segredo lusitano destes séculos num buraco coberto de terra e de figueiras!



16 comentários:

zazie disse...

ahahaa
O capataz de Mértola.
Ogajo é mouro. Destrói tudo o que é cristão.

É mais outro materialista.

lusitânea disse...

O sonho deste é tornar o Alentejo e o Algarve outra vez muçulmanos.E com umas tropas marroquinas para garantir que não haja nova reconquista...

lusitânea disse...

Um gajo e companhia que há anos e anos vive dos impostos alegadamente para "estudar" não sei o quê sendo que os locais continuam na mesma merda de sempre...

Bic Laranja disse...

Está senil. Lisboa com meio milhão de habitantes no séc. X?!

Miguel Dias disse...

Este "senhor" é um vigarista intelectual do mesmo calibre do Fernando Rosas, Boaventura Sousa Santos e escumalha utópica do mesmo calibre. Uns anos atrás, numa entrevista que ele deu à RTP2 topei logo a estrutura mental que possui, mentiu descaradamente e inventando factos sobre matérias que não domina, falando de filosofia marxiana, física quântia.... reparei imediatamente que estava a inventar, a entrevistadora que não percebia do assunto deixou passar semelhante calinada, e ele ao falar até hesitou com medo que alguém, com conhecimento do assunto, o topasse.

Está a Academia Portuguesa entregue a estes mentacaptos.

Lura do Grilo disse...

Grande sacana. Não sabe sequer do califado de Deli, nem a razão das Filipinas serem o único país não muçulmano, nem a situação de escravatura em que viviam os habitantes da península debaixo da bota islâmica.

osátiro disse...

Este desgraçado mental foi um comunista/stalinista fanático e tresloucado na câmara de Mértola...ateu obcecado, com a missão de denegrir a história Cristã de Portugal.
Quando os assassinos URSS caíram....ele, como muitos outros corajosos, percebendo que não tinham as costas seguras com os mísseis SS (MPortas, FRosas, Pina Moura) tratou de sair aos poucos.....podia ter um acidente.
continuou tresloucado anti cristão no BE......como demente mental "descobre" estas vigarices alucinogénias....
se Portugal tem muito adn de Marrocos, prova o contrário...........que o islão matou tudo que era nativo ou vindo do norte da europa (suevos, celtas etc) e que o Afonso Henriques deixou muito marroquino vivo.......
só assim se compreende a tal percentagem de genes marroquinos (infelizmente) na população

a ciência comprova que o islão DIZIMOU TUDO (pessoas e património) e que afonso Henriques PUPOU A VIDA A MUITOS BERBERES ISLÂMICOS.......

osátiro disse...

Oops POUPOU...

é por estas e pelo jacobinismo arcaico...

QUE EU DEIXEI DE ASSINAR A REVISTA SÁBADO......

Dádá disse...

Continua o branqueamento da História pela esquerda pseudo-intelectual. "Siga a marinha".

josé disse...

A Sábado por estes caminhos que Eduardo Dâmaso anda a percorrer terá o mesmo destino que a Visão: a falência.

É muito fraquinha.

Unknown disse...

Córdova com 4 milhões de habitantes no sec. X?

Isso deve ser ciência e da boa.

Miguel D

JReis disse...

José, tem razão pois a revista Sábado no caminho que Eduardo Dâmaso está a levar vai ter perna longa. Esperava mais do Dâmaso que até escreve umas coisas interessantes mas já nota-se que ele já está agrilhoado. Saiu da Sábado um tal de Esteves (agora é cronista na Visão) que se julgava um supra-sumo do jornalismo e para o substituir o Dâmaso está a dar corda a um tal de Carlos Lima que é um reles e se julga capaz de ocupar o lugar deixado vaho pelo Esteves. A revista Sábado nos últimos números tem estado pobre, muito pobre mesmo e vai chegar ao estado da Visão desinteressante e falida.

Zephyrus disse...

Diz uma ou outra coisa interessante, mas de resto parece-me tudo exagerado.

O Prof. Jose Hermano Saraiva com base nos documentos tinha outra versao. Tal como tem o Pinharanda Gomes. E o que dizem? Gostaria de mencionar um facto que pouca gente sabe. A entrada dos mouros provoca uma emigracao macica de elites para a Franca. Saem intelectuais , bispos, comerciantes. Vao ajudar ao esplendor do Imperio carolingio e alguns chegam a ir para Inglaterra. E uma vaga identica a que ocorreu com a Contra-Reforma. E so por isto, a invasao moura foi altamente prejudicial para a Peninsula Iberica.

E curioso que a Esquerda baba com os mouros mas despreza a presenca das elites germanicas apos a queda do Imperio romano, dos bizantinos no Sul e dos celtas antes da conquista romana. So interessam... os mouros! Conheco um comunista de Faro que sonha com a Republica Andaluza e a uniao com Marrocos...

Isto do estreito de Gibraltar unir e uma enorme mentira e do ponto de vista genetico somos identicos ao resto da Europa ocidental e uma mistura de nativos com tribos que vieram da Anatolia, Caucaso e Medio Oriente em vagas sucessivas. Somos quase iguais aos franceses, ingleses ou irlandeses mas mais pigmentados, produzimos mais melanina e portanto temos um cabelo mais escuro. Quanto a altura, nao e uma questao de genes... mas de alimentacao e cuidados de saude. Se formos so pelos genes, os povos mais altos estao nos Balcas e na Grecia...

Nao nos queiram comparer com africanos pois a genetica diz precisamente o contrario e se os nossos reis tivessem feito o mesmo que os espanhois nem teriamos os 10 a 30% de "ascendecia" sefardita ou berbere em algumas povoacoes do Algarve e Alentejo.

Os europeus na sua maioria resultam da mistura de sangue nativo com sangue da Anatolia, Caucaso, Crescente Fertil, Persia. Mas nao tem sangue do Norte de Africa e os portugueses sao semelhantes, por muito que haja quem queira fazer de nos e dos espanhois africanos. Bem podem ladrar a vontade, somos indo-europeus e ocidentais.

Floribundus disse...

em Córdova estava na catedral a observar a arquitectura, assunto em que sou ignorante

ouvi um jovem e pareceu-me que dizia colona

olhei na sua direcção e

afinal era culona



mandava este sr a 'mertola'

e obrigava-o a ler a actividade do Islão np I vol da História de Portugal de Alexandre Herculano

muja disse...

A xenofilia é danada...

zazie disse...

Pois é, pois é. Coleccionam paixões por gente que nunca viram. Parece uma coisa muito humana. Tanto, que se aproxima daquela variante do altruísmo patológico.