terça-feira, 22 de junho de 2010

O assunto Saramago no Público

"A recusa de Cavaco colocou-o no mesmo plano dos que acham que o Estado devia ter ignorado a visita de Bento XVI."

Esta frase de Miguel Gaspar, ainda sobre o assunto Saramago, no Público de hoje, onde é cronista e director-adjunto, dá toda a dimensão da tragédia idiossincrática que atingiu o jornal.

Por falar em assunto Saramago, a crónica de Pedro Lomba, hoje também no Público, coloca a questão no seu ponto de equilíbrio, numa das melhores crónicas daquele que considero já um dos melhores cronistas de jornal que temos hoje em dia.

3 comentários:

Mani Pulite disse...

CLARO,CAVACO NÃO PODIA IGNORAR SÃO SARAMAGO,CARDEAL DE LANZAROTE,AGORA ELEITO NOBEL II,PAPA DA SANTA IGREJA APOSTÓLICA ATEIA UNIVERSAL.AMEN!

Antonio Coutinho Coelho disse...

Morreu um homem mau. Paz à sua alma. Não deixa saudades. Vamos falar de outras coisas...

hajapachorra disse...

Pedro Lomba não é um dos melhores. É, simplesmente, o melhor. Até me obriga, nos dias em que escreve, a comprara aquele pasquim de gajas. Daqui a nada correm com ele. Isto é tão certo como o sr. Saramago acabar em nota de rodapé nas histórias da literatura.

Os governantes no antigo regime