sábado, 8 de janeiro de 2011

O mundo dos que não se enxergam

Económico:

Ferreira Leite criticou hoje a actual situação política nacional, afirmando que a classe política está "desacreditada" e afastada dos cidadãos.
"As medidas tomadas e o proclamado objectivo de credibilizar a classe política têm sido marcados por demagogia, e de demagogia em demagogia a classe política tornou-se num mundo à parte em que os cidadãos não se reveem" e com o qual não comunicam, salientou a antiga ministra das finanças durante a cerimónia comemorativa dos nove anos de Rui Rio frente à Câmara do Porto.

Este "mundo à parte" é o mesmo Ferreira Leite frequenta. O mundo de um Parlamento que elege Jaime G. como presidente, com o inteiro apoio daquela que disse publicamente que o indivíduo estava "bem eleito".
É mundo em que o BPN não entra nas contas porque se entrasse, Ferreira Leite estaria calada e bem calada, porque nunca se pronunciou sobre as figuras gradas que integravam o seu partido e faziam parte do Conselho de Estado, provavelmente "muito bem escolhidas".

É por isso mesmo um mundo de hipocrisia e não um mundo à parte.

1 comentário:

zazie disse...

Pois é mas há quem goste e não passe sem a dose.