quinta-feira, 19 de abril de 2018

Afinal já não quer ser queijeiro. Também gosta de tgv...




 
Observador:

Jorge Coelho volta à administração da Mota-Engil, cinco anos depois de se demitir de presidente.

Isto é uma grande vergonha, um embuste e um escândalo.  Mas não vai ser na Quadratura que o questionam, ao queijeiro de Contenças sobre esta pouca-vergonha.

13 comentários:

Zephyrus disse...

Aumentou o bolo dos impostos. A Cu-ltura quer mais dinheiro. Os funcionarios publicos querem aumentos. A este deve cheirar a qualquer coisa... aeroporto? Ponte? TGV...

A divida absoluta nao desce... se o turismo abranda ou decai, ou se os juros sobem... basta um sopro para o castelo de cartas ruir outra vez.

Zephyrus disse...

A area comercial voltou a aumentar outra vez. O sobredimensionamento continua. O credito voltou. O funcionalismo volta a aumentar.

Para compor o ramalhete so faltam as "grandes obras publicas".

fernando disse...

Manuel Pinho terá continuado a ser pago pelo Grupo Espírito Santo enquanto ministro, com transferências mensais de quase 15 mil euros para uma conta offshore"

Ricciardi disse...

A comunada não está de acordo que uma empresa privada designe quem mui bem entender para a presidência do conselho de administração.

Porquê?

Não se percebe bem mas intui-se que se acham proprietários daquilo que não é deles.

O que diferencia a comunada e esta direita pisca pisca?

Uma mão. Cheia de nada.

Mas também pode haver mais duas razoes. Ser apenas invejazinha ou aquele espírito tribal que, quem quer que seja designado é mau se não for do nosso clã.

O Capitalismo é bom. A propriedade privada é cousa sagrada. As decisões sobre a gestão do patrimônio privado, de quem contratam ou de quem despedem é tarefa exclusiva dos accionistas.

Este pessoal não é accionista, mas como qualquer bom comuna ou como qualquer bom fascista acham-se no direito de mandar bitaites acerca daquilo que não lhes pertence.


Rb

Floribundus disse...

Dalai Lima

quinta-feira, 19 de abril de 2018
Respensabilidades

Tenho de trabalhar no duro para sustentar um senhor do fisco que tenho a meu cargo.

Floribundus disse...

El País

guerra comercial

Otro estudio de la gestora AllianceBernstein advierte de que las empresas más castigadas por los aranceles serán, a la postre, las alemanas BMW y Mercedes Benz, que venden automóviles para el mercado chinos desde sus plantas ubicadas en EE UU.En general, según unos datos de la OCDE correspondientes a 2011, los materiales y componentes de otros países —especialmente Japón, EE UU o Corea del Sur— representantes un tercio de todas las exportaciones de China. Y toda esa amalgama de proveedores de terceros países hacen números a la espera de lo que ocurra. “Cuando los inversores no saben bajo qué condiciones van a invertir, son reacios a hacerlo. Una guerra comercial erosionaría esta confianza”, advirtió Lagarde.

tgv
3 grandes viciados
antonio das nortes, be, pcp

Ricciardi disse...

Ouvi pasmado agora mesmo o interrogatório do motorista Perna.

O ministério público fez o que pôde para forçar o Perna a dizer que ia buscar dinheiro.

O perna insistia que não sabia se era dinheiro ou não, porque não podia ver o conteúdo. O ministério público numa ânsia em conseguir que dissesse que o conteúdo era dinheiro vivo, dinheiro que o Perna garantiu não ver.

Este procedimento é perfeitamente ilegal. A acusação a induzir conclusões ao arguido que ele não tirou.

Também vi a entrevista ao arquiteto que projectou as obras de remodelação do apartamento de Paris. Disse ele, claramente, que o proprietário que lhe requisitou os serviços foi o.... CARLINHOS.

O Porteiro do prédio afiança que o apartamento estava arrendado ao josesinho.

A mulher do Carlinhos garante que o apartamento de Paris era apenas é meramente mais um dos muitos investimentos imobiliários do marido.

Isto só la vai com julgamento por rezada.

Rb

Luis Filipe disse...

E o Carlinhos tinha um livro, com os fiados ao Zezinho...mas não pode mostrar ao procurador porque destruiu-o.hahaahah, merecia um óscar este Carlos. Ainda estou para conhecer qualquer merceeiro no mundo e arredores que destruíram o livro dos fiados. Tenha dó Ricci.

Ricciardi disse...

Isso são realmente factos.O Carlinhos emprestou dinheiro ao Josezinho. Da mesma forma que Landinho Teixeira emprestou dinheiro ao juiz Carlinhos.

Os amigos também servem para as ocasiões.

Rb

joserui disse...

Meu Deus que sacana aqui anda… num país de sacanas, há sempre um sacana em cada recanto.
Ainda bem que não vejo tv… nos restaurantes por algum motivo há sempre várias tvs enormes a debitar futebol ou enormidades… li em rodapé que o PS vai comemorar 45 anos de mediocridade e roubo descarado. Ratazanas, de todas as maiores e mais gordas. O cano de esgoto mais fétido. Nem jantar sossegado posso sem levar com o fedor.

Pedro Alves disse...

É o Araújo sob pseudónimo.

Miguel D disse...

Eu associo-me ao sentimento do Confrade joserui.
Já não basta mandarem, governarem, legislarem, proibirem, corromperem, mentirem, enganarem, trairem e roubarem.
Agora somos obrigados a ouvi-los e a levar com eles. E daqui a uns tempos, talvez, qual Winston do 1984, seremos obrigados à conversão.

lusitânea disse...

O que me espanta é a Mota & Engil sem lucros subir na "bolsa"
Se calhar o homem dos queijos e das ovelhas bordaleiras vai dar uma ajudinha juntando sinergias exportadoras.Isso ou abrir portas...

Vilar de Mouros, 1971