Páginas

sábado, 8 de junho de 2013

A avenida e a ponte

Parece que Cunhal tem agora uma avenida. Salazar tinha uma ponte.
É uma diferença de monta.

11 comentários:

Vivendi disse...

E a Avenida cheira-me que foi feita a crédito! Cheira-me.

JC disse...

A mim cheira-me mal. A merda.

zazie disse...

Que nojo.

lusitânea disse...

Mudaram o nome à ponte mas não nas 200000 moedas de prata cunhadas que andam por aí...

lusitânea disse...

O Costa começou por ser comunista como o pai e a mãe e até o mano.Se calhar ainda é porque quem é doutrinado em tenra idade nunca perde os tiques aprendidos.No PCP foi um lutador pela independência das "colónias".Agora só quer encher a mouraria de mouros e chelas de pretos...imaginem quem é que vai pagando...

lusitânea disse...

O internacionalismo vigente comandado muitas das vezes com portugueses recentes ou com duplas pátrias, quando não só por simples imigrantes deu ou não um resultadão?

lusitânea disse...

No google maps pesquisem em "Dagorda, Cadaval"

Floribundus disse...

se fizerem uma sondagem nas escolas, incluindo as denominadas superiores
teremos uma larguíssima maioria que não sabe quem foi o barreirinhas.
por baixo do nome terão que indicar quem era
tal como na rua onde moro, onde 99,999% desconhece quem era o sujeito

D. Fernando II não mereceu o nome numa travessa
e foi insultado em vida

hajapachorra disse...

Um cidade que tem aquele pinono ao marquês uma rua para o mata-frades merece uma avenida Cunhal, com placa salazarista.

Mentat disse...

"...teremos uma larguíssima maioria que não sabe quem foi o barreirinhas."

Caro Floribundus

Isso infelizmente também se aplica se perguntar quem foi:

Pedro Hispano
Pedro Nunes
Nuno Alvares Pereira
S. Francisco Xavier
Ínclita Geração
Etc.

Já para não falar nos casos de D. Afonso Henriques, Dª Filipa de Lencastre ou do Infante D. Henrique, que eu já testei “in situ” e “in loco”.
.

lusitânea disse...

Sem passado...sem futuro!