domingo, 5 de janeiro de 2014

Match, um magazine "meme" alternativo ao Sete

No primeiro trimestre de 1980 foiu publicado um semanário concorrente do Sete. Chamava-se Match-Magazine, nome bizarro a fazer jus à orientação editorial: profusão de fotos de "gajas semi-nuas", com artigos mais "sérios" e entrevistas alargadas com certas figuras do panorama nacional.

Em 9 de Maio de 1980 o entrevistado era Pinheiro de Azevedo que além de outras atoardas proclamava sem pudor que tinha "um coeficiente de inteligência fora do normal".

O número de 30 de Maio desse ano trazia uma entrevista com Vasco da Gama Fernandes e um artigo desenvolvido sobre a origem da Maçonaria em Portugal e um artigo quase apologético das FP25 assinado por um tal Luís Marques.

Portanto a alternativa aos "memes" era a continuação dos "memes", o que não é de admirar tendo em conta a composição do corpo redactorial...

4 comentários:

Floribundus disse...

no Golu conheci aquele a quem chamavam injustamente o debaixo da cama

perguntado sobre se tinha participado no ataque à bomba aos comunas escondidos nos correios de Barcelona no final de 38
sorriu e exclamou:
'-dizem por aí'

Floribundus disse...

um comuna que conheci dizia dum 'muito apreciado' dirigente que andou pela guerra civil de Espanha sem conseguir fugir
que se borrou várias vezes, mas não em sentido figurado

o Almirante casou com a dona duma camisaria da rua ferreira Borges em 'C. d'orique' ao lado da Ertilas

podem elogiar-me à vontade chamando-me fdp

Anibal Duarte Corrécio disse...

Semanários alternes que contribuiram para o descaminho da nossa desgraça propagando a vida fácil da cultura do protesto.

Do 7 ainda me lembro, do outro nada.

O povo só por ser povo é povo, com direitos logo adquiridos à nascença, socialistas logo após o parto.





muja disse...

Pinheiro de Azevedo devia ter usado o coeficiente de inteligência para outra coisa, talvez para a pesca.

O General Silvino Silvério Marques afirmou que aquele lhe confessou ter o 25A ocorrido na "pior altura possível".

Está naquele artigo do Semanário que o José publicou aqui http://portadaloja.blogspot.pt/2011/06/uma-explicacao-coerente-para-1974-e-o.html

embora este seja o postal em que lhe falta a última página. Não dou com o outro. Tomo a liberdade de publicitar o meu, que está escrito na íntegra

http://ultramar.github.io/silvino-silverio-marques-o-esforco-humano-da-guerra-era-suportavel-pela-nacao.html#titulo

Entretanto recebi o livro, escrito por ele e pelos Gens. Cunha, Bethencourt e Arriaga, que contém o capítulo do qual o artigo é um resumo e hei-de publicá-lo.