segunda-feira, maio 10, 2021

Forca para quem vendeu Novo Banco à Lone Star...

 Em Outubro de 2017 foi notícia:



Luís Filipe Vieira disse hoje na comissão parlamentar de inquérito, na AR que quem assinou o contrato desse negócio devia ser pendurado, enforcado. Disse-o duas vezes e a propósito da circunstância de o Fundo não estar a gerir bem o que comprou por quase tuta e meia, atendendo aos valores envolvidos...

Mesmo descontando o eufemismo da expressão,    o assunto mereceria que fosse melhor explicado. Uma das coisas que o tal Vieira explicou foi que o banco fez avaliação dos projectos imobiliários que ainda estão em curso e caíram sob a alçada do tal Fundo, em valores ridiculamente inferiores ao real porque o fazem no "papel" e separados dos projectos em curso de realização, o que desvaloriza brutalmente tais empreendimentos e prejudica as contas do banco em montantes astronómicos. 

Foi algo que me surpreendeu e parece que também aos deputados presentes. Enfim, há tantas coisas para explicar nestes negócios que até assusta entrar nestes assuntos. 


Quanto aos candidatos à forca metafórica, estão aí os nomes e valia a pena perguntar-lhes o que acham da sensação de serem apelidados de criminosos por quem é caloteiro relapso e de montantes milionários.

Sem comentários:

RTP, a estação dos fretes políticos