segunda-feira, 31 de maio de 2010

A ética lá de fora

Económico:

Horst Köhler demitiu-se poucos dias depois de declarações sobre o Afeganistão que causaram alguma polémica.
Köhler, 67 anos, cumpria o primeiro ano do seu segundo mandato enquanto presidente da Alemanha.
A renúncia, hoje anunciada, tem efeitos imediatos e surge após uma onda de críticas por causa de declarações do governante alemão sobre o Afeganistão.

Público:

O secretário de Estado das Finanças do novo Governo conservador britânico, o lib-dem David Laws, anunciou a sua demissão, capitulando num escândalo de cobrança indevida de despesas ao fim de três semanas como titular da pasta e segundo na linha hierárquica a seguir ao ministro.


Tsf:

O ministro espanhol da Justiça demitiu-se na sequência de um escândalo relacionado com o seu encontro com Baltasar Garzon durante uma caçada. Mariano Fernandez Bermejo encontrou-se com este juiz quando estava em instrução um processo por corrupção que envolve elementos do Partido Popular.

Como diz um comentador no Público, "o azar deles é não serem portugueses. Se fossem, assobiavam para o lado e ainda reclamavam com a CS por se meter nos seus assuntos privados."
A ética republicana dos José S. e Ricardo Rodrigues e Assis, por cá, é a da lei. Curiosamente as leis são copiadas desses países...e não se prevê a admissibilidade de se poder fazer corninhos na Assembleia da República.
Surripiar gravadores alheios e dizer que foi em acção directa já está previsto legalmente. Mentir no Parlamento descaradamente é o pão nosso de cada dia e por isso o costume que a lei prevê.
Por isso temos o que merecemos: a mediocridade, o descalabro democrático e a maior pouca-vergonha de que há memória.

11 comentários:

lica disse...

A Casa Real Espanhola custa quase 1/3 dos gastos da Presidência da República Portuguesa!!!
O Diário de Noticias publica hoje os valores do custo da Casa Real Espanhola, da Casa Real Britânica, da Casa Real Sueca e da Presidência da República Portuguesa.
Veja-se aqui:http://dn.sapo.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=1581751&seccao=Europa
Por incrivel que pareça o Orçamento da Presidência da República Portuguesa é de 20,7 milhões de euros.
O orçamento da Casa Real espanhola é de 8,9 milhões.
Os desgraçados portugueses gastam mais de 20 milhões com o funcionamento da Presidência da República .
Para Cavaco Silva fazer o quê?
Se compararmos o orçamento da casa Real do Reino Unido - de pouco mais de 48 milhões de euros e notarmos que a Rainha de Inglaterra é Chefe de Estado do Canadá e da Austrália, vemos a extensão do abuso, da enorme falta de senso e dos limites em Portugal.
Cavaco Silva contribui para a miséria dos portugueses com mais de 20 milhões de euros de gastos.
Se somarmos a isto o facto de o Governador do banco de Portugal ganhar mais que o homólogo dos EUA vemos bem a falta de tato e de responsabilidade dos políticos portugueses.
Paga Zó Povinho!
O Rei de Espanha agiu agora para baixar o seu orçamento.
Cavaco Silva nem uma palavra.
Seria bom que esclarecesse os portugueses , publicamente, da necessidade de a Presidência da República Portuguesa gastar tanto.
Nomeadamente esclarecer para que necessita de tanto dinheiro; Onde o aplica; Porque não baixa o orçamento.
O Orçamento da Presidência da República Portuguesa não deveria ser superior a 3 milhões de euros e mesmo assim seria comparativamente muito superior ao espanhol.
Cavaco Silva e os seus serviço devem apertar o cinto, e dar o exemplo.

http://jose-maria-martins.blogspot.com/

Karocha disse...

Qualquer dia é cá!
Já faltou menos...

Alternadeiro disse...

Que chatice! Já faltou menos, agora falta mais...

Alt

Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/

fsosalgueiro disse...

Em relação ao primeiro comentário parece que queremos comparar o imcomparável. Da noticia que li vemos que "ha outros gastos que são assumidos por vários ministérios, como, por exemplo, as viagens oficiais". Isto é um jornalismo da treta. Atiram com números como se eles por si valessem alguma coisa. Ah! E esta notícia vem a desproposito do tema.

Antigamente em Portugal tambem era assim, ao mais pequeno escândalo havia demissões. Só a partir de 2005 é que a cultura da responsabilização começou a ser diferente. Infelizmente.

goncalo disse...

Ah! Faltava a auto-promoção!

GM

Mani Pulite disse...

EM PORTUGAL ESTÁ EM VIGOR A ÉTICA DE SÃO CASTILHUX RATUS,ILUSTRE TEÓLOGO E MÁRTIR DO SEC. XX,ORIUNDO DA ALDEIA DE BIJAN,CONCELHO DO ATERRO,DISTRITO DAS BAIXAS BEIRAS E FUNDADOR DA ORDEM DOS GAMÁTICOS.QUANDO FALECEU QUIS SER ENTERRADO EM CARAÇAS.PASSOU À HISTÓRIA POR TER ESCRITO O FAMOSO TRATADO SUMMA THEOLOGICA GAMATICA ONDE FICOU ESTABELECIDO COMO DOGMA O SEGUINTE:"GAMA TUDO O QUE PUDERES ENQUANTO VIVERES MAS SE FORES APANHADO NEGA TUDO E DIZ QUE É UMA CONSPIRAÇÃO DO DEMÓNIO".

Karocha disse...

Gonçalo

Vá dizer ao seu chefe para tratar do que ele sabe rapidamente.
Anda você a meter o bedelho aonde não deve gonçalo.
Pensa que tenho medo?!

100anos disse...

Parabéns, José, já lhe colocaram um pidezeco de serviço ao seu blog.
Sempre é uma distinção.
O produto é fraco, mas atendendo à proveniência não seria exigível muito mais.

Camilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Camilo disse...

Camilo disse...
Parabéns. Um Grande Blogue.
Já o linkei e, como tal, serei visitante diário, como aliás, de todos os que tenho referenciado no meu.
Umas vezes, comentarei, outras, só para visitar, porque o tempo...
---
Gostei do "termo" "José S."
Como tenho sido causticado, oprimido e devorado (é o termo) pelo "sistema-democrático e democratizante",nada tenho a perder, então, completo o nome dos bois (eheheh)...
Com respeito a Rodrigues & Assis,S.A.R.L...., tem toda a razão:
temos a "sociedade" que merecemos.
Um Abraço.