sexta-feira, 7 de maio de 2010

O jacobinismo em acção

Nos próximos dias 11 e 13, haverá tolerância de ponto, concedida pelo Governo, para assinalar a presença do Papa Bento XVI no país e nos lugares onde este estiver.

Tolerância de ponto significa a ausência de obrigatoriedade de presença no lugar de trabalho. Um feriado portanto. Mas nem todos vão aproveitar a benesse papal.

O ISCTE e a Casa Fernando Pessoa já anunciaram que não vão dar abébias à benesse. Por causa do laicismo, informou a extraordinária Pedrosa que dirige a tal Casa de Pessoa. E também, acrescentou, num laivo de clarividência que os seus livros não revelam, porque quando por cá esteve o Dalai Lama, "nada aconteceu".

Quanto ao ISCTE, o reitor anunciou a medida disciplinadora e o inefável Vale e Almeida que aí professa acrescentou: assim é que é, ISCTE.

Assim é que é? Não é não. O que devia ser era o ISCTE encerrar definitivamente as portas e dar feriados todos os dias aos seus deseducadores.

E até já me esquecia: para que serve uma Casa Fernando Pessoa, dirigida de modo tão genial por esta senhora Pedrosa? Porque não se dá feriado todos os dias também, a essa gente?

Não foi Pessoa quem escreveu que "livros são papéis pintados com tinta. Estudar é uma coisa em que está indistinta a distinção entre nada e coisa nenhuma."?
Foi, não foi? Então fechem lá o quiosque e façam o favor de não incomodar ninguém com inanidades.

8 comentários:

joserui disse...

Excelente post. -- JRF

zazie disse...

Em grande José.

A bodegada junta-se sempre nestas alturas.

lusitânea disse...

O ISCTE esse alfobre de paneleiros, lésbicas e africanizadores, que são o recuo da antiga academia das ciências da ex-URSS deveria ser extinta sim.Era um acto patriótico, porque a maioria dos gajos são do mais traidor que já se viu...

Mani Pulite disse...

ESTA É A CONFIRMAÇÃO ABSOLUTA E DESAVERGONHADA QUE O ISCTE É TOTALMENTE CONTROLADO PELA MAÇONARIA.A SUA EXTINÇÃO É UMA MEDIDA PRIORITÁRIA DE UM NOVO GOVERNO NÃO SOCIALISTA.SERIA UM BOM CONTRIBUTO PARA A REDUÇÃO DO DEFICIT ORÇAMENTAL E DO DEFICIT DE MORALIDADE PÚBLICA.

Karocha disse...

http://infamias-karocha.blogspot.com/

hajapachorra disse...

Não me parece que se deva extinguir o iscte. Há é que dar-lhe uma missão patriótica: obrigá-lo a contratar todos os ignorantes da esquerdalha invertida e pederasta que são 'discriminados' nas universidades a sério. Mais: deviam ficar com o monopólio dos 'estudos' feministas, queer e mais não sei quê.

Anónimo disse...

文章雖然普通,但意義卻很大~~^^~~ .........................

goncalo disse...

Lá está a Karocha a auto-promover-se! Que baixo nível!

GM