domingo, 23 de maio de 2010

Método para apanhar aldrabões

Segundo o Jornal da Noite da TVI, Sara Ferguson, ex-mulher do príncipe André, do Reino Unido, tentou receber 500 mil libras por um pequeno tráfico de influência: apresentar um suposto negociante, ao ex-marido. Só isso.

Pormenor que faz a notícia: o negociante era jornalista encapotado e o encontro foi gravado em video, com som bem audível.

Resultado: aquela já chorou lágrimas de arrependimento e o escândalo fez a capa do News of the World, uma espécie de Correio da Manhã local. Não ouvi ninguém falar de ilegalidades ou inconstitucionalidades ( coisa que os ingleses nem tem).

Sugestão: em vez de escutas telefónicas para apanhar coisas "nulas e de nenhum efeito", os jornalistas portugueses poderiam fazer o mesmo. Tentavam apanhar os mentirosos que pululam no nosso espaço político, com gravações clandestinas e de prova irrefutável.
Teria uma vantagem: nenhum jurista poderia dizer que havia inconstitucionalidades ou seriam escutas nulas e de nenhum efeito. Mesmo em cima do risco criminal, pela gravação ilícita, sempre haveria um Costa Andrade para defender que o interesse público do jornalismo se sobreporia em justificaria a prática do ilícito.

7 comentários:

Mani Pulite disse...

AQUI NÃO HÁ PERIGO.O FERNANDO PINTO NORONHA MOTA DO AMARAL RESOLVEM LOGO TODOS OS PROBLEMAS.É O MAIOR TRUNFO PORTUGUÊS PARA A ATRACÇÃO DO INVESTIMENTO ESTRANGEIRO E A GLOBALIZAÇÃO.A LAVAGEM É O NOSSO DESTINO,A NOSSA ESPECIALIZAÇÃO,O NOVO MODO PORTUGUÊS DE ESTAR NO MUNDO.O PRIMO BASÍLIO NÃO DIZ OUTRA COISA QUANDO SE PASSEIA PELA ESTRANJA.

Jahwork disse...

Talvez assim esta imensa maioria alheada, desinformada e crente partidariamente despertasse...talvez...

Outside

Karocha disse...

LooooLLLLLL

Deve ir uma confusão por aquelas bandas!!!

goncalo disse...

Não terá sido o Sócrates a tentar umas massas?

GM

goncalo disse...

A Karocha deve estar atormentada com estas histórias de família...

GM

Karocha disse...

goncalo

Nem imagina!
O tormento é tanto que fui às lágrimas de tanto rir.

Nuno disse...

Ahahaha..até podia ter graça não fosse tão triste.

Quer dizer,a C.Social de cá que pertençe aos barões que também são politicos,iria ter carta branca para apanhar o seu patrão a traficar influênçias ahahah.

O 1º a atrever-se serviria de exemplo aos outros!!