terça-feira, 2 de novembro de 2010

Há subsídios e subsídios

Um comentário no blog Blasfémias:

Para cortar na despesa o Ministério das Finanças podia acabar com o FET (Fundo de Estabilização Tributário e com o FEA (Fundo de Estabilização Aduaneiro). São dois subsídios que os funcionários da DGCI, DGAIEC e DGITA andam a mamar. Só o FET estão 5% das cobranças coercivas resultantes de processos instaurados pela DGCI. Isto equivale a 3 ou 4 ordenados adicionais por ano…
Os funcionários de Finanças recebem este subsídio como incentivo à produtividade, desde há muito. Todos se calam muito bem caladinhos com isto. Ninguém pia para que ninguém ouça...
E que tal estendê-lo aos demais funcionários públicos? Não são filhos do mesmo senhor Estado?
A coisa anda por aqui:

FUNDO DE ESTABILIZAÇÃO TRIBUTÁRIO (FET)
Portaria n.º 184/2010, de 30 de Março / Ministério das Finanças e da Administração Pública. - Ao abrigo do n.º 3 do artigo 22.º do Decreto-Lei n.º 47/2005, de 24 de Fevereiro, e do n.º 5 do n.º 1.º da Portaria n.º 132/98, de 4 de Março, fixa a percentagem do Fundo de Estabilização Tributário (FET) do ano de 2009. Diário da República. – S. 1 N. 62 (30 Março 2010), p. 1025-1026. http://www.dre.pt/
Ver aqui, a Portaria que estabelece para este ano 5% de subsídio.
Que nos diz a isto, Inspector? Pode começar por pensar no ditado: haja moralidade ou comam todos...

3 comentários:

Floribundus disse...

hoje é Dia de Finados

para sócrates é Dia de Portugal

Mani Pulite disse...

É URGENTE O TEIXEIRA CRIAR O SUBSÍDIO DE CONFISCO E EXTORSÃO.PARA INCENTIVAR O ASSALTO AO CONTRIBUINTE,VULGO SUJEITO PASSIVO.

Pedro Luna disse...

Caro José:

Sugere-se que aborde este assunto:

"Fundações - pequeno contributo para perceber o estado a que chegámos" - http://geopedrados.blogspot.com/2010/11/fundacoes-pequeno-contributo-para.html