sábado, 13 de novembro de 2010

O melhor Miguel Esteves Cardoso


É deste tipo de crónicas que MEC andava arredado. Ainda bem que está de volta. Fartei-me de rir nos primeiros parágrafos, publicados no suplemento Fugas, do Público de hoje ( clicar na imagem para ler).
Ontem, o humorista apalhaçado Ricardo Araújo Pereira era citado pelos jornais por ter dito que a escrever, ganhava mais que os seus pais, juntos e a trabalhar.
Mas nunca escreverá assim.

3 comentários:

Camilo disse...

Nestas linhas da sua postagem, vê-se que sabe (perfeitamente) separar o trigo do joio.

zazie disse...

Esta crónica é uma loucura
ehehehehhe

Karocha disse...

MEC no seu melhor :-))

O Sindicato do MºPº honra o MºPº