sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Pode ser que...

SIC:

Rui Dias, um dos oito arguidos que foram julgados em Loures pelos crimes de associação criminosa, extorsão, sequestro e outros, referiu a existência de documentos de fluxos financeiros que alegadamente envolvem familiares do primeiro ministro, José Sócrates, nos processos Freeport e Cova da Beira.

O arguido disse em tribunal que "tem documentos que referem o desvio de 383 milhões de euros", envolvendo "o tio, o primo e a mãe" de José Sócrates.


Das duas, uma: ou isto é uma fraude, um embuste, uma cabala como o PS costuma dizer, ou não. Lembremo-nos no caso das "listings" em França e que envolveram Sarkozy num alegado caso de "luvas " que se revelou completamente falso, com documentos forjados por adversários políticos. Porém, se não for caso disso, não vejo muitas saídas para este primeiro-ministro. Aliás, só vejo mesmo uma saída e não é preciso sequer dizer qual será.

É evidente que um caso destes envolve grande delicadeza na investigação. Por isso não deve ser o DCIAP da senhora dr. Cândida a tratar do assunto. Por uma questão de bom senso , se mais não fora.

5 comentários:

rita disse...

Se tal for verdade a implicação não será da mãe, mas do filho, entendo eu.
Sendo verdade única saída, na minha opinião, é a "justiça da justiça".
Talves fosse bom encomendar um fato Armani, mas listado.

Karocha disse...

Complicado José.

100anos disse...

Engana-se, meu caro, eu vejo que ele tem mais de uma saída: sair, sai sempre, creio eu, mas pode sair para a "peluda" ou pode sair para o Linhó.
Ouvi hoje com muito agrado PPassos Coelho defender que há que responsabilizar criminalmente (isso: criminalmente !) quem colocou o País na miséria em que está.

AAA disse...

Nesta altura não dou 1 cêntimo para a credibilidade desses documentos, caso existam.
E depois tenho dúvidas que essa credibilidade, caso exista, seja provada. Pelo menos enquanto lá estiver o dito cujo. E mesmo depois dele ser corrido. Os seus tentáculos ficam mesmo depois de se ir embora...

Monchique disse...

E os meus amigos acreditam que a Candidinha não vai dar uma mãozinha para que tudo acabe em bem a bem da nação?
Já agora viram o susto que Passos Coelho já meteu só em falar que é necessário perseguir civil e criminalmente não só quem rouba mas também quem chega a escada?
Vejamos o caso da EDP: será mesmo verdade que se o consumo baixair o governo vai ter de indemenizar os acionistas? e que no tgv se não houver passageiros o governo se comprometeu a pagar os prejuízos?
Se assim é tem muita razão Passos Coelho. São uns gatunos.