sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A nossa economia em 1971

Aqui vão mais algumas imagens e um texto de Francisco Cabral, da revista Observador de Janeiro de 1972. Na época, é bom lembrar, tínhamos uma guerra colonial no auge, com despesas que nos levavam quase metade do nosso Orçamento de então que era de $1,3 "billion" ( vai em dólares porque a informação é da Time de 6.5.1974).Havia uma emigração nessa altura que era assustadora: mais de um milhão de pessoas lá fora a trabalhar para ganhar melhor que aqui.As remessas em divisas que enviavam para cá constituíam a maior fonte de receita vinda do estrangeiro , mesmo à frente do turismo ( informação do mesmo sítio).
As imagens abaixo, poderiam constitur mera propaganda de um qualquer SNI que então se dedicava a essa actividade filantrópica, mas não é assim. O que as imagens mostram é real e coerente. Não é fruto de uma qualquer fantasia tipo "energias renováveis". E há mais do sítio de onde vieram estas...
O artigo de Francisco Cabral é bem elucidativo.






1 comentário:

zazie disse...

Faça-se a pergunta: como é que tudo isto acabou?

Normalmente a resposta que se tem é que o capitalismo monopolista de estado apenas desenvolveu indústrias que serviam as colónias. Até a indústria têxtil era para fardas de guerra.

E valia a pena listar o que existia e como foi à vida.