terça-feira, 11 de dezembro de 2012

O segredo de justiça preservado

Aqui diz assim:

O ex-ministro das Finanças Teixeira dos Santos foi alvo de buscas domiciliárias pela Polícia Judiciária, noticia a TVI.
As buscas foram efectuadas no âmbito de um inquérito crime às Parcerias Público Privadas, a decorrer no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), com o objectivo de procura e apreensão de documentos.
Segundo a TVI, além do antigo ministro das Finanças do Governo de José Sócrates, também o antigo presidente da Estradas, Almerindo Marques, e o antigo secretário de Estado do Tesouro, Costa Pina, foram alvo de investigações por parte da PJ nas suas residências e nos locais de trabalho.


Como se pode ler,  a informação relata factos passados. Ou seja, já ocorridos. O segredo de justiça foi preservado naquilo que é essencial. Agora, espera-se que a operação tenha tido sucesso. Mas isso está em segredo de justiça e não se vislumbra até agora quebra do mesmo...

1 comentário:

Floribundus disse...

uma dama disse candida-mente que sabia quem quebra o segredo mas não pode provar.

também espero que tenham sido apanhados alguns papéis

no largo dos ratos reina silêncio fúnebre.
os paineleiros vão entrar em acção