sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

A apetência da Maçonaria pela Justiça

No Tribunal Constitucional saíram recentemente dois juízes. É preciso repor o número certo e o PS já escolheu as suas preferências: o jurista e advogado Vitalino Canas e o juiz Clemente Lima.

O primeiro é um celebrado membro da Maçonaria do GOL. O segundo, actual juiz Conselheiro do STJ também, tal como consta desta lista:



Por falar nessa lista, o juiz Conselheiro Mário Belo Morgado, antigo vice do CSM, cujo lugar perdeu com vergonha fragorosa que deixou marcas, também é da agremiação mafio...perdão maçónica. Neste caso da prosaica loja 25 de Abril, em vez daquela "Simpatia e União" , mais glamurosa...


Assim andam os Supremo Tribunais deste país. O de Justiça e o Administrativo. O Constitucional cela va de soi...

Não admira que certas decisões da jurisprudência suprema sejam como têm sido...porque a fraternidade da irmandade maçónica tem como escopo a protecção mútua.

Sem comentários: