terça-feira, 22 de setembro de 2020

O jornalismo prenhe de ouvir dizer

 O jornalismo de investigação, em Portugal, deu nisto: um beco sem saída. Um exercício de panlogismo inconsequente mas prenhe de conclusões apressadas como as cadelas estéreis. 

Público de 14 de Setembro 2020:



Em resultado disto o mesmo jornal pariu esta crónica, hoje, escrita à laia de quem vai às couves na horta do vizinho: 


Os cursos de comunicação social só dão para isto...e quando o entendimento é curto os peixinhos da horta até ganham guelras.

Sem comentários:

Os governantes no antigo regime