terça-feira, 15 de setembro de 2020

O Ministério Público a largar o Costa

Este artigo do Público de ontem da autoria de um economista ( já se sabe que são os intelectuais mais preparados de sempre para botarem faladura e escritura sobre tudo e tudo o mais) é exemplar do que pode ser um desconhecimento muito específico e se traduz apenas numa palavra: "interpor".  O (mau) uso de tal palavra, no caso um verbo, desqualifica ipso facto o autor do artigo.

Se alguém souber o que tal significa no contexto deste artigo saberá a razão pela qual um economista como este deveria estar calado. Se não souber, fica na mesma, assim, como uma espécie de enigma.


Sem comentários: