terça-feira, 14 de julho de 2020

A nova censura: a extrema-esquerda universitária

Artigo no Público de hoje a criticar com argumentos o famigerado manifesto dos universitários que atacaram por escrito o livro de Riccardo Marchi sobre o Chega, no Público de 11 de Julho de 2020.

Estes universitários, capitaneados pelo celebérrimo e ilustrérrimo professor Buonaventura de Barcouço, lançaram uma fatwa contra um colega de profissão, ainda por cima da madrassa principal do país, o ISCTE.

Se pudessem cortavam o pio ao autor do livro e foi isso exactamente que co-assinaram luminárias como o dito professore e ainda os inenarráveis comunistas de sempre, Rosas e Loff, mais a Flunser e outros Teixeira Lopes.

Este artigo, também de um universitário,  expõe-lhes alguns podres:


Sem comentários: