domingo, julho 05, 2020

As generalas da tropa fandanga

Foi com estas duas generalas que o Estado-maior pretendeu ganhar a guerra. Já a perdeu e continua em estado de negação a suster estas palermas. Uma delas especializou-se na proclamação ideológica que a impediu de lidar com surtos localizados e por causa do sagrado horror à "discriminação". Agora somos nós, enquanto povo, a ser discriminados e a generala continua no seu posto a torcer a cara em trejeitos grotescos sempre que alguém lhe aponta defeitos...
A outra, enfim, a outra é mera ajudante de campo de uma batalha perdida desde o início. Sempre às ordens e sem perceber que a honra já não existe.
Tal como em Pedrógão, a incompetência, a impreparação e a estupidez foram a causa da desgraça. Não aprenderam porque afinal são exactamente o espelho do que temos a mandar: um bluff, um manhoso que ainda consegue enganar muito gente durante algum tempo. Veremos como será daqui a alguns meses...




Sem comentários:

Gente nova e velha