sábado, 27 de março de 2021

Apelo à sensatez...

 Observador, Alberto Gonçalves e o óbvio ululante:



Sem comentários: