domingo, 2 de agosto de 2020

Joaquim Veríssimo Serrão, amigo de Marcello Caetano

Morreu Joaquim Veríssimo Serrão, aos 95 anos. Este historiador e pedagogo, como dantes se dizia, foi amigo de Marcello Caetano, daqueles que não o abandonaram.

O Correio da Manhã e o Público fazem hoje o respectivo obituário, típico de ambos os jornais.


Joaquim Veríssimo Serrão escreveu sobre o antigo presidente do Conselho, sucessor de Salazar, um livro em 1984, publicado no ano seguinte pela Verbo- Marcello Caetano Confidências no Exílio, cujo prefácio é revelador e merece atenção.
O livro está esgotado, segundo julgo e só em alfarrabistas se arranja. Barato...porque Marcello Caetano não suscita tanto interesse mediático, como Salazar. Eppure...



Parece que o presidente da República se declarou amigo do falecido. Daqueles de peniche...

Sem comentários:

O juiz do mecanismo ligado ao PS...