segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

A "feira de gado" em que se transformou Portugal de António Costa.

Este relato na primeira pessoa, no Observador, vale a pena ler, para se entender toda a improvisação, impreparação, incompetência, desfaçatez, arrogância e acção verdadeiramente criminosa, numa actuação típica de negligência grosseira de quem governa Portugal neste momento.

Quem melhor tipifica este Portugal que temos e em que uma maioria dos portugueses continua a apostar, pelo voto, é aquele inenarrável Santos, coordenador da vacinação e que é a aberração mais incrível que me foi dado ver nos últimos tempos, depois da conferência de imprensa em que interveio e do que (não)  tem feito a seguir, acrescido das tiradas políticas que tem bolsado e que mostra bem o que seria um governo ainda mais venezuelano do que o que já existe..










Só me resta dizer: os portugueses andam a dormir?! E as tv´s para além dos fretes, para manter o empreguinho de pivots bem remunerados,  não terão um mínimo de vergonha por causa disto e doutras coisas? Por cada Gomes Ferreira há mais de vinte Ferrões do Polígrafo que nem percebem o mal que fazem ao país...porque quem os preocupa é o Ventura.

Vou destacar o parágrafo fatal para se poder ler outra vez: 


Isto que país é?!  Há uma resposta à vista na net, no Sapo de hoje: esta inenarrável e os subtítulos da notícia informam-nos que a " vacinação" continua a ser uma aldrabice e que o MºPº vai analisar comportamentos de chico-espertismo quando deveria analisar o comportamento criminoso, por negligência grosseira, desta fulana que aqui aparece, em baixo e que é uma vergonha nacional. Arre!









Sem comentários:

Os escombros do apocalipse