Páginas

terça-feira, 29 de maio de 2012

Balsemão, o preocupado

RR:
Francisco Pinto Balsemão espera que o caso das secretas permita uma “imediata limpeza” nos serviços de informações. Entrevistado no programa “Terça à Noite”, da Renascença, o presidente do grupo Impresa mostra-se preocupado com a situação de “miséria moral” em que estão impregnados os serviços secretos.

Este, porque lhe tocou, descobriu agora que os serviços secretos servem para recolher informações, mesmo em fontes abertas como terá sido o caso.
Não o preocupa que tais informações tenham sido escarrpachadas numa acusação num processo criminal para provar eventuais crimes que podem não ter ocorrido.
Se lhe tivessem apreendido os documentos pessoais, agendas telemóveis, etc e escarrapachassem o respectivo conteúdo de modo idêntico, aí já se mostraria muito indignado e preocupado com esta democracia e poder judicial. Assim, como lhe serve, no pasa nada.
Como não passa na circunstância de os serviços de informaçõa estarem pejados de gente da maçonaria, colocada por pessoal da maçonaria e com requintes de legitimidade inquestionável porque são da maçonaria boa, do GOL, principalmente. Uma loja maçónica onde se reunem alguns dos funcionários de topo do grupo Impresa, particularmente do Expresso e Sic e que trocam impressões sobre estes casos que envolvem os "maus" da maçonaria rival.
Isso, a Balsemão nada preocupa. "Miséria moral " é o facto de os serviços de informação saberem quem é e o que faz, o que aliás os media que controla tentam fazer a todo o tempo em relação a outras pessoas.
"Miséria moral" é o facto de ter havido uma empresa privada que apenas por pretender concorrer com a sua Impresa foi literalmente esmagada com o peso de uma farsa que teve acolhimento mediático generalizado.
"Miséria moral" é concorrer comercialmente usando estas armas institucionais, instrumentalizadas com imenso savoir-faire.
Isso é que é a miséria moral de que poucos falam.

6 comentários:

Carlos disse...

A que se deve o silêncio relativo a uma carta tornada pública recentemente, sobre a assunção e caracterização de atentadao a Camarate? "miséria moral"!?...

Floribundus disse...

demitiu-se o 'soviete' dea redacção do público

o xico-esperto 'aos maus costumes disse, nada' e atirou Relvas para a piscina

joao disse...

O José
Com este texto e com outros que publicou recentemente fico a pensar se o seu blogue nao faz parte daqueles que foram criados pelos serviços secretos para dizer mal da concorrência .
E que para si tudo o que se sabe sobre os serviços secretos nao tem nenhuma importância como seja investigar pessoas e/ empresas com objectivos pessoais e somos nos a pagar.
Isto nao o incomoda?

josé disse...

Incomoda se fosse coisa séria. Não é.

Vivendi disse...

É tanta a miséria que a Sic já anda a fechar canais e vídeos no youtube!

Tiago Caiado Guerreiro, José Gomes Ferreira e opiniões polémicas passam assim a ser mais difíceis divulgar online.

Karocha disse...

Vivendi
Já anda e não é de hoje!!!