Páginas

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Como se faz jornalismo em Portugal

Sapo notícias: 

Jornal Público reitera ter recebido ameaças

6 comentários:

zazie disse...

Está na altura de ir desencantar o meu clássico favorito- galinha com ervas; ou a putona da galinha.

Inté.

Carlos disse...

Calma José, a rua começa a ser o destino (novas oportunidades).

Wegie disse...

Entretanto o Adelino já foi. O Miguel fica. O cheiro é insuportável...

Carlos disse...

O Adelino em versão Bocage:

"o peido que aquela senhora deu, não foi ela fui eu"

Floribundus disse...

no mito urbano os jornalistas pertencem ao Olimpo por se considerarem deuses.
a manipulação vai continuar enquanto representantes duma esquerda que não olha a meios para atingir os seus fins.
são descendentes de rodrigues sampaio da revolução de setembro

aragonez disse...

Comentando um pseudo esclarecimento do Público, em "Nota da Direcção", enviei-lhes o texto infra, que evidentemente foi censurado...

"O Público e os seus jornalistas sentem-se ofendidos.
E talvez com razão.
Mas eu gostaria de ter visto tamanha concertação e sensibilidade em outros casos, confessados pela direcção, ao longo de 22 anos.
E não vi nada parecido quando das pressões em Portugal e Espanha para que se calasse a Moura Guedes.
Também não vi nada disto quando outras muitas pressões, concretamente de António Costa e companhia, para calar o escandalo Pedroso/casa Pia.
Nem com toda a porcaria que tem caracterizado a governação vai para tantos anos.
Porquê o Relvas e com esta intensidade e sincronia com muita da comunicação social?
Há filhos e enteados?
Há comités?
Ou isto está tudo relacionado com a sistemática censura do Público a comentários dos seus leitores?"