Páginas

sábado, 5 de maio de 2012

José Sócrates tem ajudas da mãe?

Esta notícia do Correio da Manhã de hoje só é destacada aqui por um motivo: a última versão sobre a fonte dos rendimentos de José Sócrates, a viver em Paris, seria a extraordinária fortuna da sua mãe, que aliás receberá "complemento solidário para idosos" no montante de 148 euros por mês, depois das novas regras da Segurança Social que só atribui tal pensão a quem tenha menos de 100 mil euros de património mobiliário ( acções e depósitos bancários).
Das duas uma: ou a senhora guarda o dinheiro debaixo do colchão ou em cofre-forte para dar ao pobre emigrado; ou então Renato Sampaio o explicador habitual de tal matéria vai ter de encontrar outra explicação para enganar papalvos.
Por outro lado esta notícia não vai ser replicada por nenhum outro órgão de informação em Portugal. Por motivos mais abaixo explicados.

6 comentários:

hajapachorra disse...

Ná, a quarta maior fortuna do país, até ver, não precisa de mesada da mãezinha.

zazie disse...

Mas isso da quarta maior fortuna é verdade?

mujahedin مجاهدين disse...

Se for, então há que se lhe tirar o chapéu...

Levou o jogo para outro nível completamente. Um autêntico Messi ou Ronaldo do futebol económico-político portuga. Nunca nenhum fez tanto em tão pouco tempo...

cineticum disse...

Pois é, alguém me explica como é que a D.ª Adelaide, doméstica toda a vida, consegue comprar 4 assoalhadas no edifício Castilho (em Lisboa, sim, na rua Castilho...) e ter € 70.000 no Banco? Tudo com a sua parca reforma de cerca de € 200 por mês? Grande mulher. Para o lugar do Gaspar, JÁ!

Flash Gordo disse...

Há já muito tempo que se houve falar de fenómenos da política local do tipo enriquecimento satélite. Até parece que as polícias não sabem dessas coincidência melhor do que nós todos...há décadas.

Miguel Monteiro disse...

quais os motivos abaixo explicados? Não entendo?