terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Caso do procurador europeu: a resposta a Luís Rosa do Observador

 Luís Rosa da corporação jornalística escreveu um artigo no Observador, com conteúdo jurídico e eficácia jornalística. Infelizmente nem uma coisa nem outra lhe saíram muito bem. 

Escreveu assim: 




O académico André Lamas Leite responde assim, no Público de hoje, às questões de legalidade suscitadas: 


O problema, como já escrevi antes, não é de estrita legalidade: é apenas de adequação, proporcionalidade e sentido de orientação e sensatez do Ministério Público que há no DIAP de Lisboa, além do mais. 


Sem comentários: