terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Explicação filosófica para o Correio da Manhã

 Sendo o Correio da Manhã um jornal de fait-divers, essencialmente, aqui ficam quatro explicações de outros tantos filósofos para o fascínio que tais acontecimentos suscitam às pessoas em geral. 

Vem na edição de Fevereiro deste ano da revista francesa Philosophie:



A explicação mais próxima da realidade será a de Bourdieu, à qual se deve acrescentar o desejo de olhar e ver os outros para além do normal, para satisfação mórbida de uma curiosidade estéril. Daí o sensacionalismo permanente que se assemelha à dos reclames. Com luzes, no claro-escuro e na penumbra, se preciso for.
É disto que se ufana o director-geral, com o slogan "CMTV primeiro!"

Sem comentários:

Os escombros do apocalipse