quarta-feira, 19 de novembro de 2008

A causa perdida

"Em vez de ensinarem, as escolas estão a produzir analfabetos literários e científicos. Sem Português e Matemática, que são ferramentas transversais para todos os demais saberes, não se pode ser bom em nada. A falta de educação pré-escolar digna desse nome, a elementarização do ensino básico (de onde se sai a mal saber ler e escrever e sem saber fazer quaisquer contas), a infantilização do ensino secundário, manuais escolares deficientes, pedagogias laxistas, professores incompetentes e sem a preparação adequada, ausência de uma cultura de rigor e de exigência de avaliação, o horror às reprovações, tudo isto e mais alguma coisa está a fazer do nosso ensino um escandaloso descalabro.
É precisa uma revolução. É o futuro do País que está em causa."

Quem escreveu isto, em Janeiro de 2004, intitulou o postal O Desastre.

Passados quase cinco anos, já poderia escrever, A Tragédia.

Em vez disso, anda a escreve epifanias e incentivos ao mais despudorado autoritarismo de maioria absoluta. Nem uma palavra a propósito do "horror ás reprovações". Não convém ser coerente, em tempo de poder.

3 comentários:

a.leitão disse...

Caro José,
Isto é o "Sistem" a funcionar, provàvelmente um "bug".
Actualize p.f. o link para
http://causa-nossa.blogspot.com/2004/01/o-desastre.html

josé disse...

Obrigado. Já está. Estas prosas do Vital, são o seu melhor antídoto.

E há mais, muitas mais.

Pobre Vital.

VML disse...

ah ah ah ah ah

está sempre a bater no homem, coitado.

ele é apenas um cão-de-fila, este da área das "constitucionalidades".