terça-feira, 11 de novembro de 2008

A fronda

A escola Infanta Dona Maria, em Coimbra, a melhor escola pública do país ( segundo o último ranking), suspendeu o processo de avaliação de professores.
Todos os professores da melhor escola pública portuguesa, decidiram contrariar o Ministério da Educação.

Ou são todos comunistas, marginais, sindicalistas, de extrema-esquerda, ou...social-democratas. Mas o PS não é, também?

Manuel Alegre, apoia também o protesto e classificou a atitude do ministério, como inadmissível.
A ministra não ouviu. Nem quer ouvir.

Entretanto, Vital Moreira, árbitro dos desafios do pessoal governamental e sempre em cima da s jogadas, liga nada à pateada geral e não fica pelos argumentos civilizados que exige sempre aos outros.
Reincide agora, no costume de apodar soezmente em tropos de linguagem ,quem lhe estraga os arranjos de conveniência política.
Por isso, os protestos políticos, só podem vir de frondas ou manadas. Neste caso, do PSD, do PCP e do BE.

Se fosse isoladamente, seriam mabecos...

7 comentários:

Tino disse...

Não ouviu mas hoje percebeu que ainda há muito ovos em Portugal...

Gabriel Silva disse...

teste

(afinal parece que dá para ter comentários)

Gabriel Silva disse...

Só uma sugestão: não deixe o seu email assim exposto na frontpage, os programas de spam não o vão deixar sossegado.

em vez do @ ponha [a], toda a gente percebe, e evita lixo.

josé disse...

Gabriel:

Obrigado pela sugestão. E o blog, é legível, neste template?

zazie disse...

ehhehehe

O José tomou o gosto ao "pessoal governamental"

ahahahaha

Tino disse...

As cores estão um bocado ao estilo de cocó de bebé. Mas sempre está melhor do que a trampa geral do País do engenheiro de caca.


:))

Também o que interessa é o conteúdo.

josé disse...

"cocó de bebé"? Ahahaha.

Lembra-me a história do Emídio Rangel que para ofender não sei quem, disse que tinha um casaquinho cor de merda...


Mais a sério: gosto do template, das cores. No meu écran, resulta bem. Tenho outros blogs e este calhou como queria.

Mas gostos são gostos. Se pudesse, fazia um template, com cores e grafismos dos anos 50.

Já tentei,mas obrigo-me a perder muito tempo e não quero.