quarta-feira, 13 de março de 2019

Os limites do jornalismo de esgoto

Este jornalismo nem sequer é de sarjeta. É de esgoto de ratos. É admissível uma capa destas, para tratar casos judiciais com o título "os outros Neto de Moura"?

Pelos vistos para este jornalismo é. Com o apoio dos outros franciscos teixeira da mota. Quanto à imagem do juiz que se foda porque não merece qualquer protecção. O humorista RAP até lhe chamou calhau com olhos e mais estúpido que uma galinha e mostrou garbo no gesto.

É disto que temos hoje em dia na sociedade portuguesa:


Amanhã vou ler o artigo e comentarei no mesmo tom que esta capa mostra. Com os nomes dos jornalistas que escrevem os artigos e sem poupar nos adjectivos. Parece-me mais que adequado...apodar como deve ser estes jornalistas de esgoto.

Sem comentários: