Avançar para o conteúdo principal

Portadaloja, malware, logo, censurado

Em determinados "sites", mormente administrados por entidades públicas,  este blog é assim classificado :


Isto é pura censura, arbitrária, segundo creio, embora conceda por algum tempo um benefício da dúvida.

ADITAMENTO em 1.6.2018:

Tão misteriosamente como surgiu, o problema desapareceu. Agora, em vez da notificação a prpósito do terrível "malware", aparece um pequeno contratempo com o "DNS" mas nada que um "refresh" da página não resolva.

Enfim, mistérios da informática e de quem a domina.

De resto os técnicos da Talos ( os tais que dominam o domínio) disseram-me assim:  "The URL is currently is neutral scoring range (within acceptable parameters)."

Ok. Não se fala mais nisso...

Comentários

jkt disse…
Realmente. O seu blogue ainda por cima é do google...
Não faz sentido!
Floribundus disse…
malicioso para os donos do regime

-'quo vadis, Domibe ?'
-para as catacumbas!
joserui disse…
Esta é extraordinária, mesmo para os standards pós-25A. É bom saber.
E que site é esse concretamente?
josé disse…
Site do Ministério da Justiça, pelo menos.

Nos tribunais não se acede ao Portadaloja...considerado perigoso para a "organização".
Não acredito em bruxas, mas que as há, há.
josé disse…
Que houve limpeza de alguns sites, isso houve. Nunca pensei é que este fizesse parte do lote...
josé disse…
Ainda gostava de saber se fizeram o mesmo ao Facebook. Mas acredito que não...
muja disse…
Caros,

Da África pouco profunda posso afiançar com conhecimento profissional que isto é treta.

Os servidores da Google (onde está alojado o blogue) não servem malware.

Alguém decidiu colocar o blogue numa lista, simplesmente.

Ao menos, podiam ter posto como razão “intolerância”, “ódio” ou assim... ahahah!
muja disse…
Portanto, parabéns ao José!

Pois isto é o maior reconhecimento que hoje em dia se pode ter.
josé disse…
Se assim foi, será o servidor dum certo Ministério. Resta saber quem foi o autor da ideia...mas vou tentar saber.
J H P disse…
Parabéns!

Admira o Portugal Contemporâneo também não estar.

Por falar nisso, e sendo eu completamento alheio a coisas jurídicas, mas interessado pela refutação das várias lendas "negras" associadas ao anti-catolicismo / anti-Portugal/Espanha-ismo, fico com a ideia de que o PA estará a usar um argumento de espantalho ("strawman", em estrangeiro) quando compara a atuação da inquisição em Portugal com a do Min. Público.

O José não poderia colocar umas luzes sobre o assunto?

Muito agradeço.
José Domingos disse…
Este tipo de esquerdice, dá-se mal com a verdade e com a realidade, basta a malta lembrar-se como foi gerido o freeport, casa pia, os bancos, o que não se pode falar acerca do bpn, bcp, cgd, o livro de Rui Mateus.
A censura está-lhe no sangue, lembro-me do mario xuxa, que as coisa só davam jeito para o lado dele.
Agora os inúteis, querem ser a minha consciência, não me lembro de ter votado neles, devo ter feito um picnic na Cruz Quebrada, nesse dia.
Uma vergonha.
Em Espanha, já estava meio pais, na rua a partir a mobília.
muja disse…
Foi assim com toda a certeza. A alternativa seria o José ter colocado o tal malware - programas maliciosos - no seu blogue...

E, mesmo assim, esse filtro está na rede interna, e normalmente não são sofisticados - não fazem análise nenhuma. Operam com listas que vêm dos fornecedores ou de fabricantes de anti-virus, que podem ser depois acrescidas pelos administradores do filtro.

Como os fabricantes não devem saber o que é o Porta da Loja, conclui-se que foi alguém que sabe que o juntou à lista a filtrar.
josé disse…
"E, mesmo assim, esse filtro está na rede interna, e normalmente não são sofisticados - não fazem análise nenhuma. "

Pois não, uma vez que barraram a entrada através do nome do blog. Quem for ao Google e digitar portadaloja, aparece o sítio.

Quem estiver num determinado serviço público que tem rede fornecida pelo Ministério da Justiça não acede, porque lhe aparece o tal "barramento".

Porém, como tinha aberto o instrumento do blogger para escrever postais e ficou lá em cache a indicação, já foi possível aceder e escrever o que ficou no postal.

Antes, experimentei aceder pelo telemóvel privado e não havia problema algum.

Claro que foi o serviço que pôs o blog na lista.

Alguém o indicou e gostaria de saber quem foi.

josé disse…
Ou foi arbítrio pessoal do técnico que assim fez. Ou foi indicação, por lista, de alguém que assim achou relativamente a este blog.

Seja como for é típico deste PS.
Unknown disse…
A prova, se necessário fosse, de que aqui se faz verdadeiro SERVIÇO PÚBLICO.
Motivo mais que suficiente para accionar os "alcaguetes".
Nos tempos que vão correndo, equivale a uma medalha - nada a ver com a triste pantominice, e os ridículos pantomineiros , do dez do mês que vem...
Cpmts.


JSP
zazie disse…
Fizeram isso com o Cocanha. Foram um@s porc@s de um@s profs que enviaram para lá virus e ficou mesmo bloqueado pelo blogger.
josé disse…
Mas aqui não se trata disso, ou seja de virus. Penso eu de que.

Trata-se de um determinado serviço público do Estado bloquear o acesso ao blog em determinada rede do Estado. Só.

A blogger não é vista nem achada nisto.
josé disse…
Gostava de saber como é que tecnicamente se processa esta censura.

Se é no servidor do serviço central se é por outra via.
zazie disse…
Muja: no Cocanha puseram mesmo virus e o blogger bloqueou por esse motivo.

Não sei como foi aqui.

Sei que no Cocanha antigo tive uma trabalheira mas dei com eles.

Já me aconteceu o mesmo com o Wordpress em blogue de trabalho.
Até consegui saber quem foi e dei com eles.
zazie disse…
Agora também é verdade que o blogger não faz filtro algum à procura de virus.

Mas basta alguém denunciar a dizer que tem, depois de terem introduzido, para a coisa ser automanticamente toda bloqueada.

Comigo foram profs no Cocanha e barbudas bloquista de ambos os sexos. Da militância pelo bloqueia da barbearia onde não entravam mulheres nem com, nem sem barba.
zazie disse…
No de trabalho até imagem a imitar o ISIS conseguiram colocar a tapar o site.
As barbudas de ambos os sexos.
André Miguel disse…
Parabéns José! Que jamais lhe doam os dedos para escrever.
zazie disse…
Ah! mas o José diz que é bloqueio no servidor!

Isso é censura e foi feita por algum amiguinho da viúva que por aqui vegeta.

Lembro-me que o pencudo marrano chegou a fazer o mesmo com o Dragão. Ser impossível aceder ao blogue por link.

Acho que é por IP ou assim. Devem ter o IP do local e depois impedem o acesso ao que é proscrito.

O muja nisto tem razão (e em mais coisas também. Tenho pensado no assunto...)
zazie disse…
Os ascanas até têm texto escrito por eles e acrescentaram o que fizeram com o IP e url.

Grande putedo.

O "com base nas políticas de acvesso da sua organização" mete nojo e foi escrito por um urso público da justiça pública e da imbecilidade que devia ser privada e totalmente reservada aos íntimos.
João disse…
Aqui há uns anos já o Gladius se queixava do mesmo. Não sei se haverá mais blogues nas mesmas circunstâncias.
zazie disse…
A escardalhada é isto. Não há volta a dar.
zazie disse…
E é aqui que está o paradoxo, Mujah. Para ser igual a eles, que não admitem liberdade de expressão, não é preciso.

E é por isos que, por muito hipócrita que a treta da treta democrática seja, pelo menos no campo da liberdade de expressão é melhor do que serem eles a censurar tudo e de forma constitucional, sem poder para lhes chamar grandes putas.
zazie disse…
Mais blogues não sei. No campo da justiça este é o único que lhes pode mesmo incomodar.

Porque aqui não é bla bla partidário. São factos com prova mostrada.
Anjo disse…
A notificação está identificada: WBRS

Terá sido lá plantado para dar um ar mais "informático" à coisa?

Isto só prova que as redes sociais e internéticas são o último reduto da liberdade e que por isso já andam a pensar em como as domar com bloqueios à medida e a calúnia das "fake news".

Isto tem de chegar aos meios de comunicação "social", caramba!

Qualquer dia, somos todos levados para interrogatório pela censura do regime, eh, eh...





muja disse…
Zazie. Isto funciona por listas de urls. Está na rede interna, só para quem acede dos computadores do ministério. Deve estar na máquina que faz de firewall.

Eu diria que o ip nem está bloqueado. Aliás, até com outra terminação do blogspot deve dar. portadaloja.blogspot.com ou .co.uk ou .ch

O paleio é tanga, é o que vem por omissão no programa, de certeza. Nem o nome do administrador se deram ao trabalho de mudar, daí estar em inglês quando o resto está em português.

muja disse…
Pois, talvez.

Mas isso é na teoria, Zazie.

Na prática é questão de tempo até terem na mão os meios administrativos que lhes permitem censurar tão eficazmente como nos regimes deles.
muja disse…
Tenho lido umas coisas interessantes sobre a liberdade.

Mais logo meto, se ainda tiver net. Que aqui é só quando sopra o vento de nordeste, ahahah!

Terra fantástica, já agora.

Só mesmo quem nunca cá veio pode achar que era boa ideia entregar isto :)
joserui disse…
Como diz o José, um verdadeiro servidor…
joserui disse…
Então Muja, como vai o império?
joserui disse…
Diz que o próprio Salazar nunca aí foi e mesmo assim não entregou. :)
jbp disse…
Quando tebtei aceder ao insurgente e ao blasfemias a partir da rede duma instituição da região autónoma dos Açores aparecia a página bloqueada Ja o jugular e o geringonça era sempre a abrir.
josé disse…
Vou ponderar uma queixa.
lusitânea disse…
Coisas de chapeladas democratas...e luta contra a "subversão"...
lusitânea disse…
Tanto reverteram(menos nos impostos claro) que pensando bem só falta mesmo uma polícia política...evidentemente a lutar agora pela feitura da raça mista!
muja disse…
Olhe, confesso que estava à espera de pior.

Comparado com Bangalore, que é o que conheço da Índia, a ex-Lourenço Marques está muito bem.

Na verdade, tendo graveto, vive-se aqui muito bem.

De manhã jetski até à Xarifa, para almoço mariscada no Clube Naval, coqueteile no Polana ou Dhow, etc.

Não devia ser muito diferente antes da “independência”, para essa gente.

Diferente seria, imagino eu, a Nacional 1 não estar como se tivesse sido alvo de práctica de morteiros. A N6 da Beira para o interior eatá porreira porque o chinês a está a arranjar. Os gajos trazem tudo, dos materiais de construção, às escavadoras e camiões, às barreiras de segurança.

Parece que já se aprovou a N1, para qualquer dia.

Também fizeram ponte a ligar ex-Lourenço Marques ao Catembe, por 750 milhões de dólares, uma espécie de Vasco da Gama cá do sítio, que os moçambicanos hão-de acabar de pagar lá para 2085 ou coisa que o valha. No entretanto o chinês fica com a concessão - sim, porque para andar na estrada do chinês paga-se portagem.

Fui ao Museu de História Natural. Edifício lindíssimo a imitar Manuelino. Por dentro está tal e qual o deixaram, com todos os animais que já quase não há, a não ser umas placas que têm o nome dos bichos também nas várias línguas pretas.

Tem uma colecção de fetos de elefante parece que única, cuja história poderei contar depois.

muja disse…
A estação de CF também é muito bonita, de 1910 ou 1913 já não me lembro.

Para lhe assinalarem o centenário meteram lá umas fotos duma visita do Samora Machel em 1980 e tal a propósito duma tal ofensiva dos trnasportes ou coisa que o valha, ahahaha!

O monumento aos combatentes europeus e africanos da Grande Guerra está de pé, para surpresa minha, embora com grafitos.

Há uma casa que chamam do Eiffel, muito bonita, mas que não terá sido o próprio a projectar.
mcnuno disse…
Só me ocorre dizer: Parabéns! E referir que enquanto escrever tenho intenção de acompanhar.
muja disse…
Xarifa nada, Xefina.
josé disse…
Já em tempos publiquei aqui no blog fotos de Lourenço Marques e das construções que lá fizemos.

Um sobrinho meu passou aí uns meses largos a trabalhar por conta de uma firma portuguesa e ficou com a pior das impressões dos nativos...
josé disse…
Já fui ao sítio da Talos ( que ajuda a identificar o motivo da notificação WBRS) e o domínio URL http://portadaloja.blogspot.pt está limpo, ou seja não tem qualquer impedimento.

Já o mesmo não acontece com o domínio Portadaloja.com que tem problemas mas não é o meu...

Logo pode ter havido dança nos servidores.

Se foi isso pode estar explicado, mas não sei.
joserui disse…
Hmmm… talvez. Parece-me um filtro muito básico demais para confundir um domínio superior portadaloja.com com um blogspot.com (aqui o José é apenas "convidado" num subdomínio). Mas não saltemos já para conclusões!
E a história do Jugular e restante extrema esquerda passar e um Blasfémias não, também já tinha ouvido algures.
joserui disse…
Muja eu nem sou sentimental, mas para o que foi desbaratado, da forma que foi no 25A, sou. Nunca irei a lado nenhum do império.
muja disse…
José,

E que impressão terá um suíço ou alemão ou inglês, forçado a trabalhar no rectângulo e com os nativos deste?

E, porém, as coisas dantes eram diferentes.

JRF,

faz-se aí igual ou pior. Ocorre-me o estado do Forte de Sto. António da Barra, por exemplo. A linha do Tua, outro.

Não serão mais assim por causa dos milhões e milhões da CEE...

mr.vertigo disse…
José, acredite que é mesmo censura. Ocorreu o mesmo com o blogue do oficial de justiça há umas semanas atrás e o Director-geral participou disciplinarmente por opiniões vertidas num blogue... A liberdade de expressão é interpretada de forma particular por algumas bandas.
Não me choca que uma organização limite o acesso a determinados sites/conteúdos. Mas, se querem evitar malware e incrementar a produtividade, então comecem por bloquear o Facebook;)
josé disse…
Se for assim alguém mandou e é preciso saber quem e porquê.

Não me avisaram de nada...

Por outro lado, o que escrevo está aí para se ler e não é por isso que deixarei de escrever a minha opinião que procuro fundamentar.

Quem não gosta, responda se entender.

josé disse…
Compreendo muito bem a ideia de produtividade e o perigo que os computadores com acesso à internet representam.

Mas se assim fosse, então limitava-se radicalmente tal acesso o que aliás seria uma estupidez.

Hoje em dia é mais fácil procurar no Google a jurisprudência do STJ do que na base de dados do mesmo.

Isso diz tudo da tal produtividade dos informáticos da Justiça...
zazie disse…
Isto parece-me mais uma revanche fulanizada e rasteira.

E nem sei se não é fazer-lhes o favor que querem apresentar queixa.

Esta gente é tramada para perseguições.
zazie disse…
Mujah:

Não tenho ideias arrumadas sobre o assunto mas ocorrem-me algumas questões:

1- Se existe ou não existe uma forma de censura e silenciamento que é genuinamente criada pelas próprias democracias liberais (por oposição a outra censura que não é fruto delas mas do seu oposto)

Se nas prórpias democracias liberais não existiu sempre uma espécie de figura a tentar representar o fiel da balança com poder de veto e que tanto se pode chamar reizinho com presidente da república.

Isto porque é falso pensarmos que a democracia é qualquer coisa em que todos têm voto e tudo se decide dessa forma.

Não é.
zazie disse…
Há umas coisas chamadas lobbies e ONGs que florescem nestes regimes livres.

E isso é tramado. Porque o que está supsotamente de fora existe para conseguir a ponte e mandar de dentro pela Lei.

Aliás- tudo se resume a isso mesmo- ao uso da Lei e para que ela pode servir e que outros lugares mais antigos e naturais pode ocupar.
josé disse…
O abuso da Lei para punir desvios a normas não escritas é a essência do jacobinismo.
Mario disse…
José, usando a mesma rede do MJ em diversos sítios, incluindo o sapo.pt já apareceu essa mensagem. Penso que será devido a atraso na resposta do servidor que conduz à perda de ligação ou a qualquer outro atraso de ligações. Em todo o caso, assim que aparece a mensagem, basta recarregar a página que logo a coisa volta ao normal.
zazie disse…
É isos mesmo, José.
muja disse…
Hmm pois não sei.

Parece-me que a democracia recorre, por questão de impossibilidade ou coerência ideológica, à censura administrativa - pois não pode recorrer a outra.

Depois esses lobbies eventualmente intervêm pelo jacobinismo e pela guerrilha judicial, como uma certa comunidade faz em França, por exemplo, movendo processos atrás de processos e exigindo indmmenizações - por cá temos o exemplo do TCor Brandão Ferreira, a cujo processo os Sos Racismos se poderiam ter feito assistentes e lucrar também, se o tiro fosse um bocadinho ao lado.
zazie disse…
Pois. Portanto, em podendo acumulam e fazem as duas

O que eu queria perguntar é se não há um tipo dela que é específica por se gerarem instrumentos ao alcance de grupos fora do Poder.

Floribundus disse…

se isto se parece com uma democracia
eu sou preto de nascença

nepotismo é o adn dos partidos uns mais que outros

o poder, qualquer que seja a sua natureza, estraga tudo
porque tem por trás de si a condição humana
zazie disse…
Mas que a tornam Poder pelo jacobinismo que o josé muito bem caracterizou.

Porque o jacobinismo pretende legislar a tradição.

Contra ela, como é óbvio. Mas indo buscar questões que são tradição e existem por via dos "mores"- moral
Floribundus disse…
A. Barreto
« Sim, eu fiz a Reforma Agrária. E ninguém me acusou de corrupção. A Reforma Agrária que tentei fazer foi inverter o caminho para o despotismo comunista que estava em curso. Havia um regime especial em Portugal, no Alentejo, a ZIRA - Zona de Intervenção da Reforma Agrária. Essa ZIRA tinha leis especiais, diferentes do resto do país, tinha polícias especiais, tinha tropas especiais e uma administração pública especial. Era uma espécie de enclave bolchevista no meio de Portugal. “Ah, porque os alentejanos votaram maioritariamente assim…” Quero lá eu saber, e o resto do país, votou como? Não vamos dar cabo do país e deixar criar e desenvolver um estado que é um estado de enclave. A maioria do povo, por 80% dos votos, não quis a Reforma Agrária, aquela. E não há melhor argumento do que esse para fazer o que fiz. »
joserui disse…
"faz-se aí igual ou pior."
Então e imagine para mim, viver aqui. Onde quero, neste estado de desbarato e mediocridade. Também isto já foi uma terra honrada e bonita.
joserui disse…
"Hoje em dia é mais fácil procurar no Google a jurisprudência do STJ do que na base de dados do mesmo.
Isso diz tudo da tal produtividade dos informáticos da Justiça..."

Não necessariamente… o Google é de tal forma sofisticado que os sites regulares e ciom meios normais não conseguem competir. Eu utilizo o Google constantemente para procurar dentro de sites onde não encontro patavina.
muja disse…
A corresponder a isso ocorre-me a mediática.

De certa forma, e acho que sempre foi a forma que os liberais tiveram em vista, a democracia é um mercado de opinião.

Quem dominar o mercado, vence.

Desse ponto de vista será possível utilizar na política toda a técnica da concorrência comercial, incluindo a desleal. Não deve ser difícil topar os eaquivalentes à publicidade comparativa, ao dumping, etc.

Uma ou várias dessas há-de equivaler na práctica a uma censura, da mesma forma que é possível vender produto inferior “censurando” o superior no mercado com técnicas comerciais.

E o domínio dessa técnica pode estar, e há-de estar, além dos que exercem efectivamente o poder político.
muja disse…
E será tanto mais assim quanto mais liberal for a democracia - quanto mais se aproximar de um mercado de opinião.

O que não é, ou não era, necessariamente o caso da inglesa, por exemplo.

Parece evidente que um sistema como o Estado Novo ou até um presidencialismo mais forte está menos sujeito a isso, por o poder não depender directa, formal ou simbolicamente da tal figura do mercado de opinião.

Barbosa disse…
Queres melhor elogio, Zé?
Uma razão mais para continuares a escrever.

josé disse…
Huummm...se calhar é apenas funcionamento atabalhoado do sistema.

Mas ainda não sei.
CARRASCO DE CIMA disse…
Receio da "COMPETÊNCIA".