sexta-feira, 25 de maio de 2018

O totó da Linklaters que é adjunto do primeiro-ministro

A Felgueirinhas no Sexta às 9 acaba de enunciar um estenderete de feitos do totó Pedro Siza Vieira. Totó porque não dá por nada, nas incompatibilidades notórias e não sabia que eram incompatibilidades. E já são duas...pelo que é de esperar mais minhocas.

Quando António Costa era presidente da Câmara, o dito encheu o bolso da sociedade de advocacia que franchisou em Portugal, a tal Linklaters. Mais de um milhão de euros.

Depois, nas PPP, o dito foi estrela principal.

Portugal continua a ser motivo de ridículo, por estas coisas, mas  cheira a outra: corrupção pura e simples.

O MºPº deve investigar esta gente e não esperar como fez no caso Sócrates. Investigar em tempo real  e prender em tempo real se for caso disso.

Basta!


1 comentário:

Floribundus disse...

com tanto escândalo antónio das mortes tem a maioria absolutissima garantida

Corrigan, o Agente Secreto X-9