domingo, 8 de fevereiro de 2009

Os ricos

Do Sol:

O secretário-geral do PS e primeiro-ministro, José Sócrates, disse hoje no Porto que pretende limitar as deduções fiscais dos mais ricos para poder aliviar a carga fiscal da classe média.

Parece razoável, para um social-democrata. Agora é preciso ver quem entra no conceito de "rico" e quem pertencerá a essa tal "classe média".
Para aldrabices, já basta o que basta. E uma resposta simples, a uma pergunta ainda mais simples se impõe:

Um ministro do governo, pelo que ganha, pertence à classe dos ricos ou à classe média? E um Secretário de Estado? E um presidente de empresa pública de topo?

9 comentários:

Colmeal disse...

A rever/reler (continua muito actual)
"O Triunfo dos Porcos" - George Orwell

Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais do que outros.

Infelizmente é o que se passa com os nossos políticos. Os problemas do País, para eles são refresco....

Karocha disse...

Boa pergunta José!

Doca Seca disse...

A mim o que me parece é que as sondagens não serão tão favoráveis como têm vindo a público.
Há que começar a "comprar" votos.

Colmeal disse...

José,

"off-topic", já viu o que esta eminência parda escreveu ?:

A análise de um tipo que gosta de falar de tudo e não sabe interpretar gráficos

Em que ano é que o Pinocchio foi eleito ??? Pois é, mas para isso era preciso pensar ...
Com lambe-botas destes o Pinocchio nem precisa de se lavar ...

esse.antonio disse...

Atenção que é a 2ª vez que o PM faz esta promessa... não cumprida até hoje. Já se dá ao luxo de repetir promessas.
ASG

esse.antonio disse...

Atenção que é a 2ª vez que o PM faz esta promessa... não cumprida até hoje. Já se dá ao luxo de repetir promessas.
ASG

Anónimo disse...

Com a maior carga fiscal de todos os tempos aplicada ao mesmo tempo que passamos pela maior crise desde 1929, promessas de baixa de impostos para uma certa classe média, sem quantificação, sem estimativas, sem nada. Não brinco quando digo isto: para mim este tipo tem uma doença qualquer, e bem pronunciada.

JC disse...

Não percebo muito de fiscal, mas parece-me que essa taxa para os ricos é uma perfeita demagogia.
Pelo seguinte: tendo em conta o nível de rendimentos a que vai ser aplicada, essa taxa vai abranger, claramente, uma grande franja da classe média.

Assim, vai ser esta franja da classe média que vai ser verdadeiramente afectada, enquanto que os "ricos mesmo ricos" pouco sentirão o aumento da taxa.

E isto para já não falar naqueles "ricos mesmos ricos" que nem impostos pagam...
Tipo Berardo, que não sei porquê mas tenho um dedinho que me diz que deve declarar rendimentos a rondarem o salário mínimo nacional.

diconvergenciablog disse...

Bem, eu julgo que simplesmente deviam-se diminuir os impostos (todos), iva e tudo.
+ impostos -investimento + gastos inúteis + BMW´S e "chulices" = Corrupção, 3º Mundismo, atraso social, ou seja, MAIS DO MESMO!