quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Rosa-choque

Público on-line:

A antiga dirigente socialista, Ana Benavente, defende que José Sócrates ainda tem explicações para dar ao país sobre o caso Freeport, e que o devia fazer antes de se escudar em “cabalas”.

Em declarações ao Rádio Clube Ana Benavente diz que o primeiro-ministro deve tornar mais claros todos os procedimentos que tomou neste caso enquanto era ministro do Ambiente e considera que tudo o que foi dito até agora é insuficiente.

Se não fosse o papel de Benavente na Educação, ao tempo de Guterres, seria caso para dizer que nem todos pensam como Vital.

1 comentário:

hajapachorra disse...

As reuniões das 2ª feiras começam a surtir efeito. Vem aí o Gol-pe? Na semana passada comecei a considerar seriamente esta hipótese e ao que parece... não fui o único.

Américo Tomás e os seus erros