Avançar para o conteúdo principal

A vergonha do PS, em crescendo e ao retardador

Sol:

João Galamba diz que a “vergonha” admitida por Carlos César em relação aos casos que envolvem Manuel Pinho e José Sócrates “é o sentimento de qualquer socialista”. E diz mesmo que “o partido está muito incomodado”.
“É algo que envergonha qualquer socialista”, afirmou esta noite João Galamba na SIC Notícias num comentário sobre os casos que envolvem José Sócrates e Manuel Pinho. Depois de Carlos César ter admitido sentir “vergonha” pelas suspeitas que envolvem Pinho e Sócrates, Galamba vem agora dizer que esse “é o sentimento de qualquer socialista” perante os processos que envolvem estes ex-governantes socialistas.

Este Galamba descobriu agora a vergonha. Será que também se envergonha disto ou é apenas a farsa habitual?


Comentários

Floribundus disse…
com pena na cabeça e osso nas ventas
andam com as vergonhas à vista
Vivendi disse…
Pulhitiqueiros nada mais.
joserui disse…
Este Galamba é coisa de meter nojo aos cães e pessoalmente gosto de todos os animais. O PS está a ter uma epifania… só Deus sabe o que virá dali a seguir, no mínimo vai ser o messias.
É fascinante esta manifestação sentida de fremdschämen (como dizem os alemães)… literalmente vergonha exterior, por parte de gente que se a tivesse, preferiria borrar a cara de merda a sair à rua.
zazie disse…
O paneleirote do Galamba...
Carlos disse…
O nojo destes envergonhados. Só agora?
Anjo disse…
Ai a komissão das igualdades dos géneros...
Paneleirote nojento mesmo... está a sentir o cu apertado, a virgenzinha enganada.
Unknown disse…
"Wishful thinking" : TVs e jornais cá do burgo a confrontarem estas putas (pouco) arrependidas ( com perdão da má palavra) com as declarações e tomadas de posição , ao longo deste últimos três/quatro anos , quanto às traficâncias e roubalheiras do bicharel 44 & Ca.
Possuem os arquivos e as gravações , só não o fazem porque não querem...ou então...
josé disse…
Cá por mim isto aconteceu por duas razões: as escutas sobre as conversas "políticas" que foram conhecidas pelos arguidos mas não pelos assistentes.

E ainda o mote que foi dado pelo João Araújo, um indivíduo muito ligado ao PS tradicional que abandonou a defesa por discordar da estratégia suicida do 44.
Paulo Moreira disse…
o galamba-mos é ou não é? Pablo Gavíria.