quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Defensor Moura sem papas na língua

O candidato presidencial Defensor Moura atacou implacavelmente o actual presidente da República Cavaco Silva, no debate que ambos travaram na SIC, hoje à noite.

Igual a si próprio, acusou-o de complacência com a corrupção que larvou no BPN/SLN e de ser cúmplice do estado calamitoso em que o país se encontra.

Apenas disse a verdade.

O maçónico Henrique Monteiro, do Expresso, na Sic-Notícias agora mesmo, desvalorizou e está a atacar Defensor Moura, agindo como advogado de defesa do candidato Cavaco Silva. É um dos tais do jornalismo "suave". Como jornalista jamais incomodou verdadeiramente o poder. É um espécie de anti-jornalista, este Henrique Monteiro. Vai sair do Expresso em Janeiro. Veremos para onde vai, no grupo Impresa.

Outra comentadora na SIC-Notícias que agora corre, uma "politóloga" chamada Pequito, não percebe a candidatura de Moura. Não compreende, a politóloga...por isso mesmo deve fazer-se-lhe a pergunta da praxe: se não sabe, porque pergunta?

14 comentários:

Mani Pulite disse...

ACHO QUE A SUA ANÁLISE ESTÁ ERRADA.NOUTRO CONTEXTO EXPLICO-LHE PORQUÊ.PODEMOS NÃO GOSTAR DO CAVACO COMO EU MAS NUNCA DEVEMOS PERDER A LUCIDEZ.O DEFENSOR TRANSPIRA SERMÃO ENCOMENDADO PELO SÓCRETINO.O QUE A CRIATURA DEFENDE SABEMOS AGORA MUITO BEM O QUE É.COMO NÃO SOU SUAVE CHAMO-LHE O CANDIDATO LAMA FEDORANTA QUE O SÓCRETINISMO NECESSITA COMO ESTRUME PARA A BOCA.

josé disse...

O Defensor não tem dono. Conheço-o suficientemente para dizer isso, apesar de saber que é um socialista dos típicos. Ou seja, dos que acham que a Lurdes Rodrigues foi uma boa ministra e que a crise que atravessamos tem origem lá fora.

Mas não é isso que me faz mudar de opinião em relação ao que diz de Cavaco. Cavaco é um sonso que não fez o que tinha a fazer na presidência: chutar o PGR para fora.
E mentiu quanto a mim, em relação ao seu amigo Loureiro. Foi conselheiro de Estado porque Cavaco quis. E não foi há vinte anos como o candidato afirmou.
E até há pouco tempo era considerado amigo pessoal.
Portanto, Cavaco porta-se como um pequeno judas que não conhece agora o proscrito.

Mani Pulite disse...

NÃO CONHEÇO UM SOCIALISTA TÍPICO QUE NÃO TENHA DONO.POR VEZES DISFARÇA MUITO BEM DURANTE ANOS E ANOS.MAS NOS MOMENTOS CRÍTICOS O DONO LÁ ESTÁ E A CRIATURA OBEDECE.DEVE~LHE DEMASIADO PARA DIZER QUE NÃO.VOCÊ QUE O CONHECE VEJA LÁ QUEM É O GRANDE PADRINHO QUE LHE FEZ A CARREIRA.POR VEZES TEMOS DE RECUAR DEZENAS DE ANOS PARA PERCEBER O FILME.

josé disse...

Repito: o Moura não tem dono. É apenas um socialista típico, mas de outra extracção que não a deste primeiro-ministro.

Moura é um freelancer. Corre por ele e pelo ego. E basta.

Karocha disse...

Eu não vou votar Cavaco, nunca votei nele não é agora que vou começar!

Camilo disse...

Por acaso, assisti a tudo isto.
Quanto ao HM, lá está o problema:
Ele é -tem sido- o director do "Expresso", logo, algum jornalista que tenha o azar de escrever algo que ele não goste, zás! lixo!!!
Presentemente, "isto" está pior -mas muito pior- que no tempo: "Visado pela Comissão de Censura".

Camilo disse...

O Defensor Moura, fez-me lembrar aqueles individuos que têm vergonha de dizer a verdade.
Achei-o envergonhado, tímido.
Atirou umas pedradas, mas (pareceu-me que...) escondia as mãos.
Não mostrou arreganho.
Fiquei com a impressão de que estava com medo de ser preso após o debate...!

Mani Pulite disse...

É CAPAZ DE SER DOS SANTOS E MÁRIO LDA.E QUEM ERA O MINISTRO DO AMBIENTE QUE LHE DEU TANTO APOIO NA IMPLOSÃO DO COUTINHO?TALVEZ SEJA PRECISO FURAR BEM O COUTINHO PARA SE PERCEBER MUITA COISA.REPITO:NO SOCIALISMO INSTITUCIONAL TODOS TÊM DONO.SENÃO NUNCA TINHAM FEITO CARREIRA E SIDO EMPOSSADOS PRESIDENTES DE CÂMARA DURANTE TANTOS ANOS.DEBAIXO DO ASFALTO E DO CIMENTO DAS CÂMARAS SÓ HÁ MERDA E CORRUPÇÃO.QUANTO MAIS SOCIALISTA A CÂMARA PIOR.

josé disse...

O ministro do Ambiente foi José S. então responsável por outro forrobodó chamado Polis.
Muito dinheiro, boys sem controlo, desperdício gigante.

Mas isso não quer dizer que o dono do Moura é o menino de ouro. Nada disso.

O prédio do Coutinho é um quisto na cidade mas é apenas isso: um quisto benigno. E quando não há dinheiro para operações deixa-se estar que não fez mal a ninguém durante trinta anos.

Moura é teimoso e por isso insistiu pessoalmente na demolição. Só que os serviços jurídicos das câmaras são o que são e os processos administrativos ganham-se com argumentos formais.

Pelos vistos houve asneira jurídica da grossa. Por conta de todos nós...

Joaquim disse...

Pode-se gostar ou não de Cavaco. Como já aqui disse a nomeação do prefaciador do menino de ouro para o Conselho de Estado, quando já todos sabiam das formas daquele conselheiro putativo chegar ao ouro, foi indesculpável!
Contudo, goste-se ou não de Cavaco, uma candidatura presidencial não pode / deve servir apenas para ter tempo de antena para lançar lama contra outro, sem qualquer projecto associado à presidência (é o tal uso abusivo da lei aqui tantas vezes, e bem, denunciado).
Acresce que respeitando a opinião do José sobre a natureza freelancer do defensor, a verdade é que está de forma inequivocamente a prestar um serviço objectivo ao socretismo, embora de cara destapada, ao contrário de jumentos e corporativos, de deslegitimação de Cavaco (que apesar de tudo é o principal obstáculo para o prolongamento do rapar do tacho por socretinos).
Por outro lado, não será caso virgem que figurões independentes e autónomos nas suas terras cheguem a lisboa e se entusiasmem e transmutem em oficiosos defensores dos comedores da gamela de são bento (desde camilo...).
E quem se cala e apoia a maior vergonha e cupidez no exercício de funções públicas, como a deputalhada xuxa, não tem qualquer autoridade moral para apontar dedos besuntados a Cavaco.
Por uma vez não estaremos de acordo...

Joaquim disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joserui disse...

José um Bom Natal! Defensor quem? Hehe.
Ainda não li sobre o livro dos bloquistas. Algo me diz que ainda vou ter saudades do Assange em 2011! -- JRF

Floribundus disse...

dizia-se num jornal do séc. xix
«todos os próceres têm o seu mastim»

ZéBonéOaparvalhado disse...

Um socialisto tipico, só se for em não pagar a renda da casa, e se pagou, é herdeiro de algo que não sabemos?

O TCIC é para acabar...