quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O Estado ético

Nos meus tempos de Liceu, em 1972, aprendia-se "organização política e administrativa da Nação", por este livro de que aqui ficam meia dúzia de páginas.
No dia 25 de Abril de 1974, a disciplina foi das primeiras a ser suspensa e por isso no dia seguinte já não houve OPAN, como habitualmente. E no entanto havia muito que aprender, nessa disciplina do "3º ciclo" liceal de então.
Uma das lições nesta meia dúzia de páginas eram "as funções do Estado", explicadas de modo claro e directo, sem eduquês à vista ( ainda). As noções de Estado liberal, socialista e ético, este numa noção completamente desaparecida do léxico político, estão aí para se relerem.

É aliás esse Estado ético, em democracia, que importa recuperar. No fundo e na forma, porque o conceito não só tem plena validade como é a tábua de salvação desta miséria em que nos transformamos. É ler com um clique nas imagens.




2 comentários:

Floribundus disse...

nem com assessores o sô zé manequim Armani sabe o que anda cá a fazer

Karocha disse...

Ainda fiz exame de 7º dessa disciplina!