sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Uma farsa

"Os corruptos têm no Governo uma entidade responsável que os quer combater, têm em nós um adversário disposto a dar uma luta contínua e sem tréguas." - Alberto Martins, ministro da Justiça.

Segundo o Público que transcreve a frase, proferida ontem em público, no dia internacional contra a corrupção, o ministro não se engasgou, nem sequer tossicou. E não consta que alguém se tenha rido da frase.

4 comentários:

joserui disse...

Ri-me eu agora. Hehe. Ainda me estou a rir.
Mas mais que eu, ri-se a seita. Esses é às gargalhadas. -- JRF

Mani Pulite disse...

SE SUBSTITUIRMOS COMBATER POR PROTEGER E ADVERSÁRIO POR AMIGO JÁ NÃO NOS RIMOS.

Pável Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pável Rodrigues disse...

Eu acredito no A. Martins. Ele pode até estar convencido que luta contra a coisa. Acontece porém que para se combater a corrupção é necessário saber do que se trata e, para mal de todos nós, os sociais/socialistas estão de tal forma imbuídos na coisa que a tomam como um direito adquirido e natural.
É a velha história do sapo e do escorpião: está-lhes na massa do sangue. Não podem trair a sua natureza.
Um Bom Natal, com saúde, trabalho e muitos euros ( ou yuans, tanto vale)