quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Portugueses suaves

Nos jornais de hoje escreve-se sobre as revelações Wikileaks em relação a Portugal. A crónica de Pedro Lomba no Público, hoje algo confusa porque inconclusiva, é sobre o assunto em que polemiza suavemente com o cronista de ontem, Rui Tavares.
Segundo Lomba, Tavares parte de um ponto de vista "libertário" para defender a liberdade sem restrições na Rede ampliando ainda mais a liberdade de informação, e é por isso que lhe põe dúvidas sobre o direito a essa mesma libertinagem...
No miolo das notícias de hoje, soube-se que o primeiro-ministro José S. autorizou secretamente a passagem de aviões com prisioneiros com destino a Guantánamo, sobre território nacional, apesar de o negar pública e insistentemente, como o fez no caso TVI e noutros assuntos que lhe definem o carácter e modo de actuação pessoal e institucional. Nada disso espanta ninguém e muito menos incomoda por aí além.
No entanto, quem deveria sentir-se incomodada é a sua colega de partido, Ana Gomes, deputada no Parlamento Europeu que não se tem calado sobre o caso.
Hoje soube-se igualmente que um assessor diplomático do primeiro-ministro a comparou a um rottweiler. Os jornais citam o cable como tendo dito que "Ana Gomes é uma senhora muito excitada que é pior que um rottweiler à solta".
Temendo porventura as reacções intempestivas da dita cuja, o visado já suavisou o dito. Terá dito que sim, a comparou a um cão dessa raça porque então tinha um, mas apenas para mencionar que o cão laragava aquilo que se agarrava mas a dita cuja não...
Veremos se larga ou não. Desta vez, não são os opositores do celerado governo Barroso que estão na berlinda, mas o primeiro-ministro que a dita por vezes tanto incensa.

8 comentários:

zazie disse...

ahahahahahaha

Estou a gostar tanto disto. Pena estar de partida.

Continue o gozo, José. Duplique-o por mim que até estou com fornicoques por causa da rottweiler.

Floribundus disse...

voos do cio observados na praia do meco
bandalheira

joserui disse...

José mais um que só um ceguinho não sabia... mais que o indivíduo Sócrates é um aldrabão.
Quanto à rottweiler, continuo a achar que o homem tem direito a dizer isso sem o risco de ir parar à primeira página. Não é assunto de interesse público, longe disso. -- JRF

joserui disse...

Retomando a anterior discussão, discordo totalmente da tese de uma Europa a crescer 6-7% logo até um analfabeto colocava Portugal a crescer outro tanto.
Isso é o mesmo raciocínio do Pedro Arroja então — ao contrário. Por um lado tínhamos uma guerra em três frentes. Por outro, a nossa produção nunca foi comparável à de França desde a agricultura, aos automóveis, passando por comboios, aviões e iogurtes. Crescer mais que a França nessa altura é notável.
Do mesmo modo, não se entende como estamos onde estamos. Por essa ordem de ideias, dadas as condições, por exemplo, milhares de milhões da UE, qualquer analfabeto colocaria o país a crescer. Onde foi isso? Dando de barato o 25A, a partir de Cavaco Silva, reputado economista, já devíamos ir longe. Onde fomos? E para onde vamos? Alguns foram longe de facto, como o próprio Cavaco Silva. Algum desses todos alguma vez teve algum tipo de visão ou plano estratégico para o país?
Desculpe lá, para cimento é que até um analfabeto governava isto. E os resultados estão aí para quem quiser ver e muitos para sentir. -- JRF

joserui disse...

Eu gosto de uma coisa do Pedro Arroja que é nos textos, auto-contidos, é de uma lógica inabalável. O problema é questionar aquilo tudo hehe. -- JRF

Streetwarrior disse...

http://www.youtube.com/watch?v=0xvBwvQVBtg&feature=related

Eu acho que o governo PT deveria impor as mesmas medidas a partir da entrevista no minuto 05:35

É um só rir, ver como eles estão apertadinhos.
P.S _ Apesar de eu continuar a achar este Wikileaks muito estranho.
Nuno

Mani Pulite disse...

NADA COMO UM BALDE BEM CHEIO DE DOG FOOD PARA ACALMAR A ROTT.NO FINAL DA FESTANÇA REBOLA-SE DE GOZO E LAMBE AS MÃOS DO DONO.

Josão disse...

Na varanda Lenine vê o povo exultá-lo.
Não te apetece afagar-lhe as cabeças?
Sim, mas tenho medo que me mordam as mãos, responde-lhe o grande treinador da classe operária.

O CM descobriu os ciganos!