domingo, 19 de dezembro de 2010

A poesia do PREC

No tempo do PREC as canções revolucionárias tinham um contraponto num tipo de canções de poesia e lirismo únicos que conservam apesar do tempo e cuja receita parece que esgotou. Moustaki era então um cantor "libertário" que chegou a vir a Portugal logo nos primeiros meses para ver, in loco, o nosso PREC e cantar loas ao ambiente. E o que cantava era deveras apelativo, como o demonstra este pequeno video-clip da época:

1 comentário:

Floribundus disse...

cantava um conhecido intelectual (só há de esquerda, a direita não tem direito)
'qual é a tua, ó meu?'

O jornalismo sério do Governo