sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Banda Desenhada A Suivre



Por notícia do Público de ontem tomei conhecimento da morte de Jean-Paul Mougin, o chefe de redacção da revista francesa de banda desenhada ( A Suivre), cujo primeiro número saiu em Fevereiro de 1978 e durou vinte anos.
Lembro-me bem de o ter comprado na livraria Bertrand e ler o editorial acima transcrito, por baixo do sumário da revista que marcou a minha saída da adolescência. Mougin queria casar os desenhos e a banda desenhada com a literatura, o "récit", como lhe chamava.
Ao contrário do que escreve o Público, a revista não foi criada " em torno de Hugo Pratt e da sua obra" ( para isso havia a Corto italiana) mas em torno do grafismo inventado por Étienne Robial ( que trabalhara na Métal Hurlant, algum tempo antes) e principalmente de alguns autores consagrados da banda desenhada de expressão francesa, Tardi, principalmente e que fez a capa do número um, todo em preto e branco e cuja tonalidade se manteve durante anos a fio ( em 1980 apareceu uma aventura de Adèle Blanc-Sec, - "joli brin de fille"-de Tardi, a cor) .
Em Dezembro de 1997 a revista A Suivre escreveu a palavra "fim" no título e assim acabou. Agora morreu o seu antigo director de redacção. Fim.

2 comentários:

zazie disse...

Era excelente. Também acompanhei desde o primeiro número.

joserui disse...

É uma saudade aqueles tempos de esperar uma semana, 15 dias ou um mês pelo próximo número de uma revista de bd... acabou tudo.
E com o desaparecimento dos principais protagonistas, vai-se encerrar definitivamente uma época. -- JRF